Imposição da direção

Atos racistas levam Grêmio a suspender atividades da Geral

Nota divulgada pelo clube lista quatro medidas que serão tomadas com relação à torcida organizada

01/09/2014 - 19h16min
Atos racistas levam Grêmio a suspender atividades da Geral Fernando Gomes/Agencia RBS
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

O Conselho de Administração do Grêmio divulgou nota na tarde desta segunda-feira na qual suspende por tempo indeterminado a torcida Geral de qualquer atividade relativa ao clube. Em quatro itens, o texto cita ainda que os cânticos entoados na partida de domingo, contra o Bahia, tiveram "claramente o objetivo de prejudicar" a agremiação.

Na prática, a medida é uma resposta do clube aos cânticos racistas entoados por integrantes da Geral nos últimos jogos. A torcida será impedida de ingressar na Arena com qualquer identificação, ou elemento que faça referência à organizada.

— Não entra pano, faixa, nenhuma identificação. Se forem à paisana, não há como impedir. Mas organizadamente, como torcida identificada, a Geral não poderá entrar na Arena — afirma Lauro Noguez, delegado de polícia aposentado e conselheiro nomeado por Fábio Koff para a assessoria especial de assuntos da torcida.

Koff detona atitude da Geral: "Que torcedor é este?"
Grêmio prepara defesa em julgamento e descarta fechar espaço da Geral

A Geral também será proibida de utilizar marcas de propriedade intelectual do clube. Caso a torcida comercialize produtos ligados ao Grêmio, poderá ser acionada por pirataria.

— O Grêmio, juridicamente, defenderá sua marca. Utilizará dispositivos jurídicos para que os símbolos do clube não sejam utilizados indevidamente — complementa Noguez.

Polícia intima três torcedores a depor sobre injúria racial

O comunicado ainda observa que torcedores podem ser desligados do quadro social, caso sejam identificados como responsáveis pelos atos de racismo que ocorreram nos últimos jogos.

A ZH tentou contato com o líder da Geral, Rodrigo Marques Rysdyk, mas até as 19h45min, ele não havia atendido as ligações.

O que ameaça o Grêmio é o clamor popular, diz especialista

Confira a íntegra da nota:

O Conselho de Administração do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, no uso de suas atribuições e considerando a gravidade dos fatos ocorridos no jogo entre Grêmio e Bahia, pelo Campeonato Brasileiro 2014, os quais tiveram claramente o objetivo de prejudicar o Clube, resolve:

1) Suspender por tempo indeterminado qualquer atividade da torcida organizada denominada Geral do Grêmio;

2) Proibir, por parte da referida torcida, a utilização das marcas de propriedade intelectual do Clube;

3) Identificar possíveis sócios envolvidos no episódio para ultimar medidas administrativas visando seu desligamento da atividade associativa e da frequência ao estádio, se for o caso;

4) O Clube, diante dos últimos fatos ocorridos em relação ao campo de jogo, estudará, em conjunto com a Arena, formas de evitar que novos incidentes acarretem em multas, perda de mandos de campo e prejuízos à imagem do clube e de sua ordeira torcida.

Aos torcedores, jogadores e funcionários do Grêmio e integrantes das demais torcidas organizadas, agradecemos pelo apoio e engajamento que sempre emprestaram às campanhas de conscientização realizadas pelo Clube, especialmente no jogo do último domingo.


Acompanhe o Grêmio no Brasileirão através do Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

Android

IOS

ZHESPORTES

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.