Palavra do chefe

Roger preserva sistema defensivo e justifica gols sofridos em bola área: "Qualidade da batida do adversário"

Técnico atribuiu gols do Palmeiras a méritos dos jogadores da equipe paulista

Por: ZH Esportes
02/06/2016 - 23h37min | Atualizada em 02/06/2016 - 23h43min
Roger preserva sistema defensivo e justifica gols sofridos em bola área: "Qualidade da batida do adversário" Daniel Vorley/AGIF/Agência Lancepress!
Foto: Daniel Vorley/AGIF / Agência Lancepress!  

Roger Machado justificou os gols sofridos pelo Grêmio na derrota para o Palmeiras. Para o técnico, méritos dos paulistas nos lançamentos para a área da sua equipe foram preponderantes para a virada dos paulistas do que erros do seu sistema defensivo .Confira o que disse o técnico:

Leia mais:
Confira como está a tabela de classificação do Brasileirão
Bruno Grassi admite falha no quarto gol do Palmeiras: "Poderia ter saído"
Torcedor Gremista ZH: defesa retoma rotina de peneira 

Problemas defensivos
"Não tem nada de voltou problema da bola área. Os gols foram mérito do Palmeiras. O atacante deles achou uma bola mágica e depois uma bola bem batida no meu goleiro. Gols circunstanciais. O jogo foi de alta intensidade, com o placar aberto muito cedo. Tivemos que fazer mais força, mas conseguimos fazer nosso gol. Viramos a partida e aí não conseguimos sustentar a vantagem. Depois, o Palmeiras cresceu e conseguiu a virada".

Mudanças do Palmeiras desmontou
"O Palmeiras foi melhor fazendo os gols de bola parada, não teve um criação articulada. Foi mais de bola na nossa área. Se as substituições fizeram o Palmeiras vencer, não é só por isso. Não conseguimos jogar da mesma forma, passamos a prender mais a bola. Nossos equívocos defensivos, com as boas batidas do Palmeiras, foram determinantes" 

Falhas da defesa
"Falhas coletivas, ocasionadas pela qualidade da batida do adversário".

Lance "mágico" de Roger Guedes
"Não tinha o que fazer, tinha convicção de que ele tentou colocar a bola na área. Faz parte do jogo. Se tivéssemos sustentado a vantagem um pouco mais, teríamos outra sorte"

Wallace estreará  no domingo e substituto de Walace
"Vamos ver como está o Wallace, que está treinando bem e está pegando ritmo. Vamos ver. Sobre o Walace, não adianta falar de calendário. Futebol brasileiro é assim. Desequilíbrio da competição acontece com essas casualidades, Você perde dois ou três jogadores em 18 pontos disputados, acabou o equilíbrio".

Pressão por manter liderança
"Quem desejar fazer terra arrasa, voltará a fazer. Não vínhamos tomando gol, levamos quatro. A pressão existiu pelo adversário. Não passou por nossa cabeça".

Bruno Grassi e planejamento
"Pelas circunstancias, poderíamos ter um ponto. Mas inicialmente é esta a pontuação que nos permite ficar na frente da tabela ainda. Voltar a falar da ausência do Marcelo Grohe, é voltar a falar do calendário".

Acompanhe o Grêmio no Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*ZHESPORTES


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.