Opinião

Leonardo Oliveira: a virada de Grohe não pode esconder erros do Grêmio

Goleiro se recupera  nos pênaltis em noite de nova má atuação do time

Por: Leonardo Oliveira
21/09/2016 - 22h40min | Atualizada em 21/09/2016 - 23h45min

A virada de Grohe não pode esconder a reprise de um Grêmio que se repete em seus erros e esbarra em suas limitações. O time de Renato foi só um pouco mais vibrante em relação ao visto nas últimas partidas. No que acabou ajudado, evidente, pela urgência do mata-mata e pela necessidade de buscar o resultado depois do gol, aos 29 minutos. 

No restante, o Grêmio esperou pelo lance imprevisível de Luan e Douglas, levou sustos em sua defesa quando a bola viajou na sua área e cometeu os mesmo equívocos nos arremates pelos pés de guris ainda em formação, como Pedro Rocha e Guilherme. Aliás, são 450 minutos sem fazer gol. O último foi de Batista, contra o Botafogo.

Leia mais:
Renato comemora atuação de Grohe na classificação do Grêmio: "De vilão ele virou herói"
Henrique Almeida fala sobre ofensa a torcedores: "Eles têm que apoiar mais do que criticar"
Grêmio x Atlético-PR: estatísticas, renda e público, saiba como foi a partida

O erro de Grohe no gol só resume o que virou o contexto gremista. Assim como os quatro pênaltis perdidos. Sorte do time que seu goleiro é de Seleção. Que eventualmente falha, como acontece com todos da posição. Aliás, só um jogador de primeira linha consegue se reerguer como Grohe fez ontem. Ele virou seu jogo particular e escreveu, com três pênaltis defendidos, uma história que ficará registrada na Arena.

Acompanhe o Grêmio no Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*ZHESPORTES


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.