O que diz o capitão

Maicon lamenta "bobeira", cita ansiedade do Grêmio e afirma: "É hora de ficar quieto e trabalhar"

Volante destacou que falta de atenção resultou no gol da derrota para o Fluminense

Por: ZH Esportes
18/09/2016 - 18h06min | Atualizada em 18/09/2016 - 18h10min
Maicon lamenta "bobeira", cita ansiedade do Grêmio e afirma: "É hora de ficar quieto e trabalhar" André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

Sob fortes vaias dos torcedores gremistas na Arena, os jogadores lamentaram a falta de atenção no gol que definiu a derrota para o Fluminense por 1 a 0. O capitão Maicon reconheceu o mau momento e pregou que o trabalho forte é o único caminho para impulsionar uma recuperação.

— É complicado, a gente vem de uns jogos sem vencer. Bate uma ansiedade. Em uma bobeira nossa, a gente acabou tomando o gol. É hora de ficar quieto e trabalhar. Estamos passando por um momento difícil. Hoje a gente criou algumas oportunidades e, numa bobeira nossa, tomamos o gol — destacou.

Leia mais
Confira a tabela completa do Brasileirão
Renato chega a Porto Alegre nesta segunda-feira
Carol Portaluppi comemora acerto do pai com o Grêmio

Para Ramiro, que voltou ao time em função mais adiantada, atuando pelo lado direito da linha de três meias, o Grêmio atuou bem, mas desperdiçou oportunidades:

— A gente tem ciência, estamos muito chateados, buscando força para mudar isso e voltar a vencer. Fizemos uma boa partida, mas o resultado não veio. Agora é buscar o resultado novamente.

Questionado sobre o motivo para a queda de rendimento e de resultados do time, Geromel indicou que o acúmulo de jogos pode ter pesado para o mau momento.

— O campeonato é longo, estamos sentindo um pouco. Agora é bola pra frente, vai ter uma mudança agora, e espero que seja para o melhor — concluiu.

Acompanhe o Grêmio no Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*ZHESPORTES


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.