Copa do Brasil

Palmeiras pode perder força na bola aérea com time misto contra Grêmio

Técnico Cuca deve dar descanso a sua dupla de zaga e ao meia Moisés

Por: Adriano de Carvalho
18/10/2016 - 06h02min | Atualizada em 18/10/2016 - 06h02min
Palmeiras pode perder força na bola aérea com time misto contra Grêmio André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

Se teve confirmada a baixa do goleiro Marcelo Grohe para o jogo decisivo contra o Palmeiras, quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Grêmio tem como consolo o fato de que o adversário não escalará força máxima no Allianz Parque. O técnico Cuca mandará a campo um misto-quente, com o reforço de Gabriel Jesus, já que a prioridade dos paulistas é confirmar o título do Brasileirão.

No lugar de Grohe, Renato Portaluppi escalará Bruno Grassi, que teve grande atuação contra Atlético-PR e Santos. O restante da equipe tende a ser a mesma que derrotou o time paranaense semana passada, com Luan e Pedro Rocha no ataque - embora Everton e Bolaños sejam opções.

Leia mais
Palmeiras prepara misto-quente com Gabriel Jesus contra o Grêmio
Bolzan diz não saber se Koff infuenciou filho a concorrer pela oposição
Kannemann cobra atenção contra o forte ataque do Palmeiras


Na defesa, o cuidado será redobrado. Se não sofrer gols, o Grêmio garante sua classificação, já que venceu o jogo de ida por 2 a 1 na Arena. Mas se perder por 1 a 0, quem avança é o Palmeiras, graças ao critério do gol qualificado.

— Sabemos como será o jogo, eles vão sair com tudo para conseguir este gol. Vamos fazer com que isso não aconteça — resume o zagueiro Kannemann.

No Palmeiras, a expectativa pelo nono título nacional aumentou depois que a equipe de Cuca abriu quatro pontos sobre o vice-líder Flamengo no final de semana. Se vencer o Sport, pode encaminhar a conquista em caso de derrota do rival - ampliaria a vantagem para sete pontos, com mais seis rodadas a disputar.

Além de voltar a levantar um Brasileirão depois de 22 anos (o último foi em 1994), também se isolaria como maior vencedor do campeonato, superando o Santos, que também tem oito taças. Até por isso, Cuca não esconde preferência.

— Tem de ser uma coisa bem analisada. O fisiologista vai avaliar cada um e me dizer o grau de desgaste. Temos de ter cuidado para não perder jogador machucado. Há muitos anos, o Palmeiras busca esse título. Se for analisar, está mais próximo do que a Copa do Brasil. Se tiver de priorizar, vai ser priorizado o Brasileiro — observa Cuca.

Mesmo que tenha saído do jogo contra o Figueirense com o olho roxo por uma cotovelada do zagueiro Bruno Alves, Gabriel Jesus não causa preocupação aos médicos. Por estar suspenso pelo terceiro amarelo domingo, vai encarar o Grêmio. Outro reforço para o misto-quente de Cuca é o veterano Zé Roberto, poupado contra o Figueirense no final de semana.

Por outro lado, Dudu deve ser poupado para a entrada de Alecsandro. E o técnico deve dar descanso para sua dupla titular da zaga: Mina e Vitor Hugo. O meia Moisés, que se destaca por colocar a bola na área em lances de lateral, também não deve jogar. Assim, o Palmeiras perde força na bola aérea.

— O Mina e o Vitor Hugo são excelentes cabeceadores. E o Moisés faz a diferença com seus lançamentos — avalia Daniel Batista, setorista de Palmeiras do jornal Estadão.

No jogo de quarta-feira, o Allianz Parque deve lotar. A diretoria do Palmeiras prevê público de 40 mil pessoas. Até ontem, 22 mil ingressos foram vendidos.

Leia outras notícias sobre o Grêmio

Acompanhe o Grêmio através do Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*ZHESPORTES


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.