Opinião

Leonardo Oliveira: realização da Copa de Campeões está na mão de um patrocinador

Colunista conversou com um dos organizadores do torneio de verão 

Por: Leonardo Oliveira
10/01/2017 - 20h44min | Atualizada em 10/01/2017 - 20h44min
Leonardo Oliveira: realização da Copa de Campeões está na mão de um patrocinador Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS  

Conversei na tarde desta terça-feira com Rogério Beidacki, um dos organizadores da Copa de Campeões da América. Ele prevê para hoje uma definição sobre a realização do torneio. Tudo depende da resposta de um patrocinador. Se ele sinalizar com resposta positiva. a Copa com Grêmio, Nacional, Peñarol e Olimpia está confirmada. Caso contrário, terá virado um sonho frustrado de transformar o verão em Porto Alegre mais atraente. Confira trechos da nossa conversa.

A Copa de Campeões vai sair?
Hoje (ontem) chegamos a um acordo de valores com os clubes. Estamos definindo os prazos der pagamento. Devemos definir tudo até amanhã (hoje) de manhã. Daí teremos todas essas questões e pendências resolvidas e poderemos partir par a divulgação mais massiva do evento. Pelo momento que vivemos, com a saída de um patrocinador, tivemos de buscar redução dos valores com os clubes, e eles foram sensíveis. Estamos esperançosos quanto ao ok de um outro patrocinador.

Você parece otimista.
A Copa está encaminhada para sair. Faltam ainda alguns detalhes. Esse novo patrocinador vai nos dar uma posição. A sinalização dele é positiva. Chamamos a comunidade e pedimos apoio para que essa Copa se torne um evento anual da cidade. É um produto e uma oportunidade para o Estado e a cidade, Vai trazer gente, mexerá na economia, lotará hotéis e restaurantes e movimento em shopping. Não é um simples jogo de futebol, mas algo que mexe com a economia por 10 dias. Todo terão ganho.. Me chateia um pouco as pessoas não entenderem isso.

Leia mais:
Léo Moura é aposta de Renato
Gabriel Fernández desembarca em Porto Alegre e diz estar feliz pelo acerto com o Grêmio
Após anúncio de Léo Moura, Grêmio busca reforço campeão da Série C

Se a resposta do patrocinador for negativa, a competição não sai?
A tendência é de que a gente consiga realizá-la. Sai de qualquer jeito? Não. Queremos fazer algo pelo qual podemos pagar, não podemos dar calote. Por isso todo o cuidado de fazer passo a passo. Os clubes estão sendo bem parceiros, em um primeiro momento fica desagradável para todos. Tivemos de fazer reengenharia de custos e faturamento de sexta-feira para cá. Estamos trabalhando 18 horas por dia.

Você já marcou passagens aéreas par aos uruguaios. Tem como recuperar esses gastos?
Elas estão emitidas, o Peñarol e o Nacional estão com boletos. Para o Olímpia devemos emitir amanhã (hoje) à tarde. Teremos um prejuízo, mas buscaremos reembolso com multa caso a Copa não saia 

O prêmio seria de US$ 250 mil para o campeão, US$ 200 mil para o vice, US$ 150 para o terceiro e US$ 100 mil para o quarto colocado. São esses os valores renegociados?
Isso é premiação, mas tem a cota dos clubes por participação. Fez-se todo um pacote. Mas estou dependendo do patrocinador. Garantimos as cotas de participação e estamos negociando a premiação. Os clubes sabem que terão uma pré-temporada diferenciada, com visibilidade internacional e grandes confrontos. Não se tem um Nacional x Peñarol todo os dias. 

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.