Queda de rendimento

Renato diz que entende contestações: "Torcedor sempre acha que o time vai golear" 

Para técnico, jogo contra Novo Hamburgo terá que ser uma final de Copa do Mundo para as duas equipes

Por: Luís Henrique Benfica
18/04/2017 - 20h49min | Atualizada em 18/04/2017 - 20h57min
Renato diz que entende contestações: "Torcedor sempre acha que o time vai golear"  Bruno Alencastro/Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS  

Mesmo com a idolatria dos torcedores, que cogitam erguer uma estátua em sua homenagem, Renato sofreu críticas depois do jogo de domingo, contra o Novo Hamburgo, pela semifinal do Gauchão.

Sem ter ouvido as contestações, o técnico entende que elas podem expressar o desejo da torcida de que todos os jogos terminem com goleadas do Grêmio, como ocorreu recentemente contra Juventude e Veranópolis.

- O torcedor sempre acha que o time vai golear de novo. E futebol não é assim. O Novo Hamburgo teve a melhor campanha da primeira fase. É uma final de Copa do Mundo para eles. E terá que ser para nós também - observa. 

Leia mais:
"No futebol, cochilou, vai pagar", diz Renato, ao cobrar mais atenção dos jogadores do Grêmio 
Grêmio não fará reconhecimento do palco do jogo contra o Guaraní-PAR
Dublê de Maicon e equilíbrio no meio: como joga o Guaraní-PAR

Quanto a uma possível queda de rendimento, Renato assume sua parte, mas deixa claro que os jogadores precisarão de maior concentração a partir de agora:

- Eu falo, mostro, corrijo, converso bastante, mas quem entra em campo são os jogadores. Não estou tirando a minha responsabilidade. A partir de agora, deu mole, vai ficar fora. Contra o Novo Hamburgo, cochilamos 20 segundos e foi o suficiente para tomarmos o gol.