Mano a mano

Grêmio x Fluminense: veja quem leva a melhor nos duelos por posição

Conheça a avaliação de quatro comentaristas sobre as duas equipes

Por: Adriano de Carvalho
16/05/2017 - 20h00min | Atualizada em 16/05/2017 - 21h51min
Grêmio x Fluminense: veja quem leva a melhor nos duelos por posição Montagem sobre fotos BD ZH /
Barrios e Léo Pelé são trunfos de Grêmio e Fluminense na Copa do Brasil Foto: Montagem sobre fotos BD ZH  

Pentacampeão da Copa do Brasil, o Grêmio estreia no torneio na noite desa quarta-feira, contra o Fluminense, para defender o título que conquistou em dezembro. Contra o time carioca, treinado por Abel Braga, o desafio será construir vantagem para o jogo de volta das oitavas de final, que ocorrerá em 31 de maio no Maracanã.

O Fluminense chegará para o confronto com dois desfalques importantes. Em recuperação de lesões, o volante Orejuela e o meia Wellington Silva não embarcaram com o grupo para Porto Alegre e devem ser substituídos por Pierre e Marcos Júnior. No banco, Abel ainda contará com um reserva de luxo: o meia Gustavo Scarpa, que voltou a jogar após 79 dias contra o Santos, na estreia do Brasileirão, e deverá ser uma arma carioca para o segundo tempo.

Leia mais
Com atenção a Arthur, Grêmio encerra preparação para enfrentar o Flu
Grêmio x Fluminense: tudo o que você precisa saber para ver o jogo
Grêmio avalia investida no lateral-esquerdo Sander, do Cruzeiro


Em relação ao Grêmio, a principal novidade estará na lateral esquerda, com Bruno Cortez na vaga do lesionado Marcelo Oliveira. No ataque, o técnico Renato Portaluppi poderá contar com a técnica de Luan e Lucas Barrios para abrir vantagem no mata-mata.

Zero Hora convidou os comentaristas Sérgio Xavier (SporTV), Maurício Saraiva (RBS TV), Paulo Vinícius Coelho, o PVC (Fox Sports), e Leonardo Oliveira (Zero Hora) a analisarem os duelos entre os possíveis titulares de Grêmio e de Fluminense para o mata-mata da Copa do Brasil. Confira.

Placar do mano a mano
Grêmio 8 x 2 Fluminense*
*Houve empate em um duelo

Marcelo Grohe 4 x 0 Diego Cavalieri

Leonardo Oliveira
- Grohe. São dois goleiros que se equivalem, embora de características um tanto diferentes. Pela liderança e pela representatividade, Grohe leva ligeira vantagem.
Maurício Saraiva - Grohe. Cercado por uma defesa de mais qualidade, é mais seguro do que Cavalieri.
PVC - Grohe. Cavalieri jogou pouco esse ano. E, quando jogou, errou. Seu momento não é bom. E Grohe é goleiro de Seleção.
Sérgio Xavier - Grohe. Ele demonstra mais estabilidade no gol do que Cavalieri.

Léo Moura 2 x 2 Lucas

Leonardo Oliveira - Lucas. Recuperou no Fluminense o bom futebol que havia exibido no Palmeiras. Tem força na marcação e vigor para ir ao ataque. O que falta em Léo Moura. 
Maurício Saraiva - Léo Moura. É um lateral com mais qualidade técnica e experiência.
PVC - Léo Moura. Dá mais versatilidade ao time, é mais experiente e está com uma vitalidade impressionante.
Sérgio Xavier - Lucas. O Léo Moura me pareceu mais eficiente no meio do que na lateral. E Lucas está em momento melhor.

Geromel 4 x 0 Henrique

Leonardo Oliveira - Geromel, ninguém no Brasil hoje é melhor na posição do que o zagueiro do Grêmio. Não será surpresa se aparecer na lista de Tite, na sexta-feira.
Maurício Saraiva - Geromel. É um zagueiro de Seleção, tem mais velocidade do que Henrique.
PVC - Geromel. É o melhor zagueiro no confronto individual no futebol brasileiro.
Sérgio Xavier - Geromel. Talvez seja o melhor zagueiro do país, junto com Mina. Henrique tem problemas de velocidade.

Kannemann 4 x 0 Renato Chaves

Leonardo Oliveira
- Kannemann, sem dúvida. Renato Chaves esteve envolvido em quase todos os lances confusos do Fluminense neste mês de maio.
Maurício Saraiva - Kannemann. É mais firme do que o jovem e promissor zagueiro do Fluminense.
PVC - Kannemann. É mais seguro e se posiciona melhor. O Renato cometeu erro grave no Fla-Flu.
Sérgio Xavier - Kannemann. O Renato joga com o peso da falha no Fla-Flu. O Kannemann, com simplicidade, acerta mais.

Bruno Cortez 0 x 4 Léo Pelé

Leonardo Oliveira - Léo. Não o chamem de Pelé, perde-se o amigo. Embora a semelhança física torne inevitável o apelido. O guri tomou conta da lateral do Fluminense e é uma das obras de Abel.
Maurício Saraiva - Léo. Está em grande fase, é veloz e hábil. Seu futuro é na Seleção.
PVC - Léo. É mais rápido, inteligente e veloz. Precisa melhorar na marcação, mas é mais lateral do que Cortez.
Sérgio Xavier - Léo. Foi ele que criou o primeiro gol do Flu contra o Santos. O Cortez é o reserva que o torcedor do Grêmio talvez prefira ver só no banco.

Michel 3 x 0 Pierre

Leonardo Oliveira - Michel. Além de marcar, sabe o que fazer com a bola. Pierre é o tipo de jogador que perde espaço a cada dia no futebol.
Maurício Saraiva - Michel. Contra o Botafogo, o volante teve sua melhor atuação no Grêmio.
PVC - Michel. Além de marcar, também tenta lançamentos ao ataque.
Sérgio Xavier - Empate. Os dois são reservas que, quando entram, fazem a qualidade do time cair.

Arthur 2 x 1 Wendel

Leonardo Oliveira - Arthur. É uma disputa das boas. São dois fortes candidatos a revelação nesta temporada. Wendel, 19 anos, erra poucos passes e joga de cabeça erguida. Mas vou de Arthur, pela multifuncionalidade.
Maurício Saraiva - Arthur. Tem fulminante ascensão com maturidade. O rival é quase do mesmo nível.
PVC - Wendel. É a maior revelação do Fluminense nesse ano.
Sérgio Xavier - Empate. Os dois são muito promissores. Estão entregando mais do que se esperava nesta fase de evolução.

Ramiro 3 x 1 Sornoza

Leonardo Oliveira - Ramiro. Outra briga das boas. São jogadores de estilos e funções diferentes. Sornoza é mais técnico, mais refinado. Um autêntico armador. Mas o Grêmio hoje é Geromel, Ramiro e mais nove.
Maurício Saraiva - Ramiro. Embora seja inferior tecnicamente a Sornoza, vive um momento superior.
PVC - Ramiro. Não só por ser mais polivalente, mas também por demonstrar mais inteligência tática.
Sérgio Xavier - Ramiro. Sornoza está muito bem. Mas o papel do Ramiro é mais decisivo para o time.

Luan 4 x 0 Marcos Júnior


Leonardo Oliveira - Luan. É de outra categoria, tem o poder de desequilibrar e decidir. Mas nas últimas semanas anda meio desplugado.
Maurício Saraiva - Luan. Não vive o melhor momento, mas tem enorme potencial de improviso e definição.
PVC - Luan. É mais inteligente taticamente e sabe ocupar mais de uma função no ataque.
Sérgio Xavier - Luan. É um jogador com muito mais condições de decidir um jogo do que Marcos Júnior.

Pedro Rocha 0 x 4 Richarlison

Leonardo Oliveira - Richarlison, sem dúvida. É mais completo e sabe fazer gols. Aliás, é uma de suas especialidades.
Maurício Saraiva - Richarlison. É veloz e bom definidor, vive melhor fase do que Pedro Rocha.
PVC - Richarlison. É mais goleador, sabe jogar como centroavante e também pelos lados. É melhor do que Rocha.
Sérgio Xavier - Richarlison. É um atacante com maior efetividade do que Rocha.

Lucas Barrios 3 x 1 Henrique Dourado

Leonardo Oliveira - Barrios. São dois jogadores de área, que conhecem o caminho do gol. Henrique Dourado está em grande momento, mas Barrios é de outra estatura, de outra turma, com seleção e Europa no currículo.
Maurício Saraiva - Barrios. Sua experiência em competições como a Copa do Brasil faz a diferença.
PVC - Barrios. É mais experiente e está fazendo muitos gols no Grêmio. É um centroavante mais técnico do que Dourado.
Sérgio Xavier - Dourado. Barrios é mais jogador que Dourado. Mas o momento de Dourado é melhor do que o do gremista.

ZHESPORTES

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.