Cuidados

Preparador físico do Grêmio diz que decisão de poupar titulares será tomada "jogo a jogo"

Segundo Rogério Dias, o técnico Renato Portaluppi está sendo informado sobre a situação física dos atletas após cada partida

Por: Rodrigo Oliveira
16/06/2017 - 20h08min | Atualizada em 16/06/2017 - 20h08min
Preparador físico do Grêmio diz que decisão de poupar titulares será tomada "jogo a jogo" Rodrigo Oliveira / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Rodrigo Oliveira / Agência RBS / Agência RBS  

Em ótima fase em todos os campeonatos que disputa, o Grêmio em breve terá um importante dilema pela frente. Com jogos decisivos em vista por Brasileirão, Copa Libertadores e Copa do Brasil, o técnico Renato Portaluppi terá que optar por poupar o time titular em pelo menos uma das competições. Segundo o preparador físico, Rogério Dias, a decisão será tomada "jogo a jogo".

— A gente vai fazer como fizemos até aqui. Estamos indo muito no jogo a jogo. Depois de cada jogo, nós informamos o Renato sobre a situação individual de cada atleta. A partir desta informações, o Renato e o corpo técnico têm tomado a decisão de poupar um ou outro jogador, ou até o time inteiro. — explica Rogério.

Leia mais
CEO do Grêmio está de saída do clube
VÍDEO: após vitória contra o Flu, Renato aproveita folga no Rio e joga futevôlei em Ipanema
Em reunião nesta sexta, Michael Arroyo faz pedida alta e complica negociação com o Grêmio

O profissional costuma encaminhar ao treinador após as partidas um relatório detalhado sobre a quantidade de minutos jogados, as avaliações bioquímicas e também o feedback dado pelos atletas. Em cima desses dados, Renato decidirá quando escalará força máxima.

Antes do jogo decisivo contra o líder Corinthians, no dia 25 de junho, o Grêmio ainda enfrentará o Cruzeiro, nesta segunda (19), e o Coritiba, na próxima quinta (22). Rogério Dias não garante que todos os titulares disputarão estas três partidas.

— Não, nós não garantimos isso hoje, porque temos mais dois jogos, um na segunda à noite e outro na quinta à noite, antes de jogar no domingo. O espaço de tempo é bem crítico e bem reduzido. Precisamos esperar esses dois jogos para ir reavaliando os atletas e ver qual será a condição de cada um para tomar a decisão de colocar em campo o melhor time — completou.

Depois do Corinthians, o Grêmio enfrentará o Atlético-PR, no dia 28 de junho, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Posteriormente, deverá utilizar time reserva contra o Palmeiras, no dia 1 de julho, pelo Brasileirão, pois três dias depois, no dia 4 de julho, enfrentará o Godoy Cruz, em Mendoza, pelas oitavas de final da Libertadores.

*ZHESPORTES

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.