O adversário

Adversário do Grêmio, o São Paulo é um time em constante renovação

Clube já trocou boa parte do grupo e fez 18 contratações na temporada

Por: Leonardo Oliveira
22/07/2017 - 08h03min | Atualizada em 22/07/2017 - 08h03min
Adversário do Grêmio, o São Paulo é um time em constante renovação MAURÍCIO RUMMENS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: MAURÍCIO RUMMENS / FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO  

A mudança de fotografia nos clubes brasileiros está longe de ser nova. Mas o São Paulo talvez esteja enter aqueles que fizeram a maior mudança no grupo desde o início da temporada. Dos 28 relacionados por Rogério Ceni para a pré-temporada e a Flórida Cup, apenas 16 seguem no Morumbi. 

Leia mais
Visitantes vencem mais do que nos últimos anos no Brasileirão 2017
Participação, eficiência e experiência: o que o Corinthians perde sem Jadson 
Corinthians supera primeiros colocados e "tropeça" na turma da segunda página

O clube venceu 18 jogadores e está a caminho de mandar adiante o 12º. Alguns, como o atacante Neilton, chegaram em janeiro e saíram antes do fim do semestre. Confira a seguir a lista de chegadas e partidas. 

QUEM CHEGOU

1) Sidão - Contratado no início do ano, por R$ 250 mil. depois de grande passagem pelo Botafogo. Chegou a pedido de Rogério Ceni, mas falhou e perdeu o lugar para Dênis. Que perdeu o lugar para Renan Ribeiro, o terceiro em janeiro.

2) Wellington Nem - Foi contratado ainda novembro do ano passado. Veio sem custos, emprestado por um ano pelo Shakhtar Donetsk. Mas enfrenta série de lesões. A última foi contra o Vasco, quarta-feira.

3) Neilton - Chegou emprestado pelo Cruzeiro e com cartaz depois do bom Brasileirão pelo Botafogo. Mas atuou em apenas nove jogos e saiu para o Vitória no fim de maio, sem fazer gol pelo São Paulo.

4) Cícero - O meia de 32 anos veio do Fluminense, seduzido por proposta de contrado de dois anos. O São Paulo nada desembolsou e assumiu 70% do salário do jogador. Desgostoso com a reserva, Cícero pensa em sair.

5) Jucilei - Veio sem custos e por empréstimo do Shandong Luneng, da Chia. Aos 29 anos, esbanja saúde e é apontado pela imprensa paulista como a melhor contratação do ano. Atuou 90 minutos em todos os jogos do Brasileirão até aqui.

6) Pratto - É outra contratação incontestável. Justifica com números o investimento de cerca de R$ 20 milhões na compra de 50% dos seus direitos. No Brasileirão, só não atuou 90 minutos contra o Palmeiras. Tem 12 gols no ano.

7) Thomaz - Meia de 31 anos, foi contratação avalizada pelo departamento de análise de desempenho do clube. Estava no Jorge Wilstermann, da Bolíva, e assinou no três anos. No Brasil, rodou por times pequenos.

8) Edimar - Chegou em março, emprestado pelo Cruzeiro. Rogério Ceni queria mais uma alternativa para a lateral-esquerda além de Júnior, ex-Grêmio. Até quarta-feira, Edimar era reserva.

9) Marcinho - Atacante de velocidade, foi destaque do rebaixado São Bernardo no Paulistão. Tem 21 anos e chegou por empréstimo até o final da temporada. Formando no Corinthians, rodou ainda por Remo e Ponte Preta.

10) Morato - Cria da base do São Paulo, o atacante se profissionalizou na Coreia do Sul e voltou ao Brasil para rodar por clubes pequenos. Foi descoberto no Ituano, no Paulistão. Sofreu séria lesão no joelho e só volta em 2018.

11) Maicosuel - Uma contratação estranha. Contratado ao Atlético-MG a pedido de Rogério Ceni, chegou ao Morumbi e descobriu-se que tinha um desequilíbrio muscular. Fez apenas um jogo, em 8 de junho. Aos 31 anos, assinou até 2020 e pediu para não receber salários enquanto não voltar ao time.

12) Denilson - Estava no Avaí e chamou a atenção da direção. Como Rogério Ceni havia pedido um atacante pelo lado, o jogador de 21 anos foi buscado em Florianópolis. Pertence ao Granada-ESP e está emprestado até dezembro.

13) Jonatan Gómez - Outra indicação do departamento de análise, o meia argentino de 27 anos estava no Santa Fe, da Colômbia, e chegou no final de junho. Seu contrato vai até 2020.

14) Arboleda - Zagueiro equatoriano de 25 anos, Robert Arbolleda chegou no pacotão do final de junho. O São Paulo pagou R$ 6,6 milhões ao Universidad Católica, de Quito, e assinou com o zagueiro até 2021.

15) Petros - O ex-volante do Corinthians teve 50% dos direitos comprados ao Betis, da Espanha, por R$ 9,2 milhões. Aos 28 anos, ele assinou contrato até 2021. O clube pretende comprar os outros 50% por 1,5 milhão de euros (R$ 5,6 milhões), que pertencem ao Corinthians e à Elenko Sports.

16) Aderllan - O São Paulo pagou, no início de julho, ao Valencia, 800 mil euro (R$ 3 milhões) pelo empréstimo do zagueiro de 28 anos. Desconhecido no Brasil, ele saiu do Salgueiro-PE, em 2010, e fez boa parte da carrreira em Portugal. Seu contrato vai até o fim de 2018.

17) Hernanes - Foi anunciado na quarta-feira, numa transação que surpreendeu a todos. O volante de 32 anos estava no Hebei Fortune, da China, desde fevereiro. Ele chegou por empréstimo sem custos, mas com o salário chinês de R$ 500 mil mensais.

18) Marcos Guilherme - A última contratação, até agora. O meia de 21 anos estava no Dinamo Zagreb e assinou por empréstimo até o fim de 2018. Seus direitos pertencem ao Atlético-PR, que recebeu em troca o goleiro Léo, que estava no Paraná.

QUEM SAIU

1) Lyanco - Zagueiro da seleção sub-20, teve vendidos 80% dos direitos ao Torino por 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões). O São Paulo pode ainda embolsar 2 milhões de euros conforme sua performance em campo.

2) Maicon - Comprado no ano passado, foi a contratação mais cara da história do clube, cerca de R$ 30 milhões. Mas caiu de rendimento e acabou vendido ao Galatasaray em junho, por R$ 25,2 milhões, em negócio vantajoso.

3) Breno - Voltou ao clube em 2015, depois de dois anos preso por incendiar a própria casa em Munique. Sem chances no São Paulo, pediu para ser emprestado e é titular do Vasco.

4) Wellington - O volante voltou do Inter e foi usado em apenas oito jogos nesta temporada. Emprestado ao Vasco, tem sido usado pelo técnico Milton Mendes.

5) João Schmidt - Criado na base, o volante de 24 anos acabou o contrato em 30 de junho e se acertou com a Atalanta-ITA.

6) Thiago Mendes - Foi vendido ao Lille, da França, no início de junho. O São Paulo tinha 80% dos direitos e embolsou cerca de R$ 21,6 milhões.

7) Luiz Araújo - Atacante revelado pelo Mirassol, foi descoberto na Copa SP de 2013. O São Paulo o vendeu também ao Lille e embolsou R$ 27 milhões pelos 70% dos direitos que detinha.

8) Chavez - Centroavante contratado em julho do ano passado, para o o lugar de Calleri, voltou para o Boca ao final do empréstimo.

9) Neilton - Chegou em janeiro, contratado por empréstimo ao Cruzeiro e foi embora em maio, para o Vitória. Fez nove jogos e não marcou nenhum gol.

10) David Neres - Uma das maiores revelações do CT de Cotia, o atacante de 20 anos foi vendido ao Ajax em janeiro por 15 milhões de euros (cerca de R$ 50 milhões).

11) Lucão - O zagueiro de 21 anos surgiu na base e chegou à seleções de base. Mas sempre foi instável no time principal. Errou na derrota para o Atlético-MG e anunciou sua saída. Está afastado no momento.

12) Wesley - O volante tem contrato até o final de 2018 e negocia a rescisão com o São Paulo. Foi contratado em 2015, com salários elevados. Se permanecer, o clube terá de desembolsar cerca de R$ 5,5 milhões para ele.bes 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.