Opinião

Leonardo Oliveira: Renato arriscou com Maicon e foi salvo por Pedro Rocha e Geromel 

Técnico justificou troca de Arthur pelo capitão por causa da experiência

Por: Leonardo Oliveira
10/08/2017 - 07h05min | Atualizada em 10/08/2017 - 07h05min
Leonardo Oliveira: Renato arriscou com Maicon e foi salvo por Pedro Rocha e Geromel  André ¿?vila / Agência RBS/Agência RBS
Foto: André ¿?vila / Agência RBS / Agência RBS  

Renato precisa agradecer demais a Pedro Rocha e Geromel pela classificação às quartas de final conquistada com alguns sustos contra o Godoy Cruz. O técnico arrisco ao privilegiar a hierarquia do vestiário e colocar Maicon no lugar de Arthur.

O capitão está longe de ser um volante mediano. Trata-se de uma liderança e de um passe qualificado. Só que Arthur, meus amigos, é mais do que ele. A diferença está na velocidade de execução. Com o guri, o time fica mais rápido e vertical.

Leia mais:
Jogadores do Grêmio falam em "maturidade" e "tranquilidade" para reverter o placar na Arena
"Se por acaso Luan sair, já temos o plano B e o plano C na cabeça", diz Renato Portaluppi
Como jogam Botafogo e Nacional-URU, possíveis adversários do Grêmio na Libertadores

É evidente que as dificuldades do Grêmio não existiram apenas pela presença de Maicon. O que me refiro é em relação às cobranças que recairiam sobre Renato em caso de um revés. Para alegria geral na nação azul, a noite acabou em festa. Mas ficaram lições. O Godoy Cruz fechou as saídas do Grêmio pelos lados e causou problemas enquanto conseguiu marcar lá em cima. Depois, cansou. E a vitória gaúcha veio ao natural no segundo tempo. O susto foi positivo. Mostra que, em Libertadores, é preciso estar vigilante e jogar no limite sempre. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.