Valorização

Tite revela conversa com Renato e elogia "nível de concentração" de Arthur

Técnico da Seleção chamou o volante gremista para jogos contra Bolívia e Chile

Por: ZH Esportes
15/09/2017 - 12h07min | Atualizada em 15/09/2017 - 12h30min
Tite revela conversa com Renato e elogia "nível de concentração" de Arthur Pedro Martins/MoWA Press, Divulgação/
Foto: Pedro Martins/MoWA Press, Divulgação  

Arthur recebeu nesta sexta-feira (15) a sua primeira convocação para a Seleção Brasileira principal. O jogador gremista foi chamado para os jogos contra Bolívia e Chile, nas duas últimas rodadas das Eliminatórias da Copa. Após divulgar a lista, Tite revelou uma conversa com Renato Portaluppi para falar sobre o estilo do jovem meio-campista.

— Tive conversa com o Renato Gaúcho sobre as qualidades dele, já havia feito sobre o Luan, e isso também teve um peso. Assim como todos os outros técnicos que abriram possibilidade de conversar — relatou.

Tite estava no Engenhão durante o jogo do Grêmio contra o Botafogo, na última quarta-feira, e indicou que a atuação de Arthur foi determinante para a convocação.

— Quando eu fui para o jogo, peguei e abri as janelas (do camarote). Queria ver o clima do jogo, a atmosfera. É o que a gente vê, mas o que a gente sente. A grandeza do jogo. Então, tu consegues dimensionar. Por ser garoto, jogando com uma naturalidade, num momento importante, fora de casa. Nível de concentração muito alto. Não posso fechar as portas num setor importante, mesmo sendo jovem. Não sei se daqui a 11 meses ele vai ter afirmação. Gabriel Jesus também subiu rapidamente — comparou.

 Leia mais:
Tite convoca Arthur e deixa Luan de fora da Seleção Seleção
Luiz Zini Pires: Arthur ganha prêmio de Tite por ser a revelação do futebol brasileiro de 2017
Brasileira perde liderança do ranking da Fifa 

O treinador explicou que os critérios da convocação incluem uma série de fatores, como momento no clube, histórico no clube e na Seleção e projeção de crescimento até o Mundial.

— São oportunidades para abrir o leque dentro do que o tempo me permite. Quero ter uma real avaliação. Todos esses estão com oportunidades reais. Não é porque deixou de vir que estamos deixando de monitorar. Não estão assegurados nem os que vieram, nem os que ficaram de fora. Esse tempo de acompanhamento vai permitir formar conceitos — completou.

O jogo contra a Bolívia, fora de casa, será no dia 5 de outubro. O duelo contra o Chile é no Allianz Parque, em São Paulo, dia 10. É possível que o volante desfalque o Grêmio na partida contra o Cruzeiro, dia 11, pela 27ª rodada do Brasileirão.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.