Justiça

Ex-líder de torcida do Inter é denunciado por tentativa de homicídio

Jorge Roberto Gomes Martins, o Hierro, responderá por tentativa de homicídio durante jogo de despedida do atacante Fabiano

03/01/2012 | 19h10
Ex-líder de torcida do Inter é denunciado por tentativa de homicídio Reprodução/
Após o jogo festivo de despedida do atacante Fabiano, houve tumulto entre torcedores no Beira-Rio Foto: Reprodução

O ex-líder de torcida organizada do Inter, Jorge Roberto Gomes Martins, o Hierro, 40 anos, foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público por tentativa de homicídio durante jogo de despedida do atacante Fabiano, em 7 de dezembro, no Beira-Rio.

Hierro é apontado como responsável por ferimentos graves com uma faca artesanal em pelo menos uma pessoa. A denúncia chegou à 2ª Vara do Júri de Porto Alegre na sexta-feira passada, e está sob análise da juíza Elaine Maria Canto da Fonseca. A magistrada deve decidir os rumos do caso até o final da semana. Se for aceita a denúncia, Hierro responderá ao processo.

Na fase policial, Hierro já havia sido indiciado por tentativa de homicídio e formação de quadrilha pela delegada Sílvia Regina Coccaro de Souza, da 20ª Delegacia da Polícia Civil da Capital. A delegada também sugeriu que Hierro fosse punido pela Justiça com a proibição de não poder frequentar estádios de Porto Alegre durante um ano, com base no Estatuto do Torcedor.

Conforme o inquérito policial, Hierro e outros dois jovens da torcida Guarda Popular se envolveram em uma briga com um grupo dissidente, integrantes da torcida Popular do Inter. Parte do confronto foi registrado por imagens de câmeras de segurança do Inter, que ajudaram na identificação dos envolvidos.

O confronto deixou quatro pessoas feridas, sendo três esfaqueadas. Uma das vítimas teve cortados tendões de três dedos da mão esquerda. Em consequência do episódio, o Inter excluiu as duas torcidas organizadas do seus quadros, cancelando benefícios como uso de sala no estádio e acesso facilitado às arquibancadas em dias de jogos.

Além disso, cópia do inquérito policial foi encaminhada ao departamento jurídico do clube que estuda a expulsão de Hierro do quadro social do clube — era o único dos agressores filiado ao Inter.

Procurado por ZH, Hierro, que está no litoral de Santa Catarina, disse desconhecer a denúncia do Ministério Público e afirmou que os seus advogados se pronunciarão no momento adequado.

Veja o vídeo da confusão:

Notícias Relacionadas

Confusão no Beira-Rio 12/12/2011 | 20h26

Envolvidos em briga poderão ser proibidos de entrar no estádio

Delegada aguarda laudos definitivos para fazer tipificação penal do caso

Torcidas desorganizadas 08/12/2011 | 20h24

Envolvidos na briga entre torcidas do Inter serão intimados a depor

Confusão após jogo festivo no Beira Rio nesta quarta-feira resultou em quatro feridos

Dura punição 08/12/2011 | 18h14

Inter anuncia exclusão das torcidas Guarda e Popular

Decisão ocorreu por conta de uma briga após o jogo festivo de despedida do ex-jogador Fabiano

Depois da festa 08/12/2011 | 01h01

Briga após despedida de Fabiano deixa duas pessoas esfaqueadas, diz BM

Jogo ocorreu no Beira-Rio e um dos envolvidos teria sido medicado no HPS e, depois, liberado

No Beira-Rio 07/12/2011 | 22h23

Fabiano se despede do futebol com vitória sobre Amigos de Leandro Damião

Ex-atacante de 36 anos foi homenageado na noite desta quarta-feira ao jogar com amigos dos tempos de Inter

Uh, Fabiano! 07/12/2011 | 18h25

Antes da despedida, Fabiano relembra seus melhores momentos no Inter

Jogador se despede do futebol a partir das 20h desta quarta-feira, no Beira-Rio

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.