Conformado

Em tom de resignação, Dorival diz que Inter tem de buscar alternativas à venda de Oscar

Negociação na casa dos R$ 62 milhões deve ocorrer antes mesmo do início da Olimpíada

17/07/2012 | 12h10
Em tom de resignação, Dorival diz que Inter tem de buscar alternativas à venda de Oscar Alexandre Ernst/Agência RBS
Dorival Júnior conversou com o diretor técnico Fernandão na manhã desta terça Foto: Alexandre Ernst / Agência RBS

Dorival Júnior busca alternativas para a iminente perda de Oscar. Ainda que não haja a confirmação oficial por parte da diretoria do Inter, o camisa 16 não deve mais atuar no Beira-Rio.

O destino do meia deve ser o Chelsea, que deve aceitar os 25 milhões de euros (R$ 62,1 milhões) que a diretoria colorada estipulou para liberar o jogador. Como a negociação deverá ser oficializada logo na primeira semana da janela de agosto, Oscar não mais deverá atuar pelo Inter. O meia só voltaria a Porto Alegre após os Jogos Olímpicos, no dia 11 de agosto.

A promoção de jovens da base faz parte da busca de alternativas para a ausência de Oscar — que junto com Damião buscam a medalha de ouro na Olimpíada de Londres.

— Temos de ter consciência de que perdemos uma grande opção. Oscar, e também o Nilmar, são duas opções de velocidade que mudam o padrão de uma partida. Precisamos de um homem de puxada, para que ao longo das partidas você mude o que vem ocorrendo. Eu enxergo o Oscar é um jogador completo. Além de finalizar, ajuda na marcação — resumiu Dorival Júnior.

O presidente Giovanni Luigi espera ainda para esta semana o contato dos ingleses a fim de sacramentar a negociação. Emissários do Chelsea poderiam vir a Porto Alegre para definir a negociação — que iniciou-se há 10 dias, quando o investidor iraniano Kia Joorabchian procurou o Inter e fez a operta de 18 milhões de euros.

Por Oscar, o Inter acabou pagando o equivalente a R$ 12,4 milhões. Foram R$ 7,4 milhões (3 milhões de euros), em 2011, ao jogador e ao empresário Giuliano Bertolucci, por 50% de seus direitos econômicos e, após a briga na Justiça contra o São Paulo, mais R$ 5 milhões ao Morumbi pela conciliação e consequente liberação em definitivo do meia, com o encerramento do processo na Justiça do Trabalho. O Inter pagou R$ 12,4 milhões por Oscar e receberá R$ 31 milhões.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.