Nova fase

Grato a Abel por início de ano como titular, Alan Patrick diz: "Quero muito ficar no Inter"

Meia, que neste ano tem quase o mesmo número que em 2013, tem vínculo de empréstimo encerrando no meio do ano

20/02/2014 | 16h21
Grato a Abel por início de ano como titular, Alan Patrick diz: "Quero muito ficar no Inter" Augusto Turcato/Agência RBS
Alan Patrick já realizou cinco partidas neste ano Foto: Augusto Turcato / Agência RBS

Ano novo, vida nova. Esse clichê nunca foi tão presente para Alan Patrick. Em 2013, raríssimas oportunidades para jogar, tanto com Dunga, como com Clemer. Mas veio a virada de ano, um novo técnico e aí sim, chance de jogar.

Nesta temporada já são cinco partidas, uma a menos que todo o ano que passou. Tal momento deixa o camisa 19 do Inter feliz. E grato, obviamente, ao treinador que lhe proporciona isso.

— Ano passado não tive muitas oportunidades. Jogadores precisam de sequência. Existindo tudo isso, o atleta consegue exercer um bom futebol dentro de campo — afirmou. — O Abel, treinador novo, vem me dando a oportunidade. Sou grato por tudo — completou.

É verdade que a chance de ser titular do Inter surgiu por conta de um torcicolo de Alex, que já o deixou de fora de dois jogos neste ano.

— Feliz pela oportunidade que veio infelizmente com a ausência do nosso parceiro de grupo. Mas, faz parte do futebol. Meu 2014, graças a Deus, está começando bem. Fico feliz de reencontrar o meu futebol — comentou.

Explicar o porquê das escassas vezes que esteve em campo na última temporada não é tarefa das mais fáceis para Alan Patrick. Mas ele tenta achar uma explicação.

— Ano passado foi complicado para o Inter. Até pela fase que a gente vinha passando, a minha característica de ser um jogador ofensivo, naquele momento, de repente, eles (técnicos) optavam por jogadores defensivos. Acredito eu que seja isso — respondeu.

Com o contrato de empréstimo junto ao Shakhtar Donetsk se encerrando no meio do ano, o meia já revelou o seu desejo de permanecer no Beira-Rio.

— Essa parte extracampo eu não sei. Meu empresário e os dirigentes devem resolver. Quero muito ficar e fazer um ano bom no Inter. E, claro, conquistar títulos — disse.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.