Após oito dias fora

D'Alessandro trabalha no gramado do Parque Gigante e poderá atuar nas quartas do Gauchão

Meia evolui bem ao tratamento para o edema na coxa esquerda e deixa médicos do clube otimistas para a escalação

Atualizada em 13/03/2014 | 13h5613/03/2014 | 11h27
D'Alessandro trabalha no gramado do Parque Gigante e poderá atuar nas quartas do Gauchão Jean Pereira/
Foto: Jean Pereira

Trabalhos de fisioterapia em dois turnos, seguidos de musculação e corridas leves na esteira. Assim o departamento médico do Inter trabalha para que o meia e capitão D'Alessandro esteja apto a estar em campo no próximo dia 23, quando o Inter disputará as quartas de final do Gauchão no Beira-Rio. Para a partida diante do Lajeadense, domingo, o meia desfalcará o grupo mais uma vez. Otávio e Juan também estão fora.

Nesta quinta-feira pela manhã, enquanto o time de Abel Braga desembarcava na Capital após a goleada sobre o Remo, o camisa 10 trabalhava no Parque Gigante como parte dos exercícios de fisioterapia. Ainda será avaliado com a comissão técnica se o meia fará algum tipo de retreinamento físico com o preparador Élio Carravetta.

D'Alessandro sentiu uma fisgada na coxa esquerda no empate em 1 a 1 contra o São José-POA, dia 5 de março. Uma ressonância magnética apontou um pequeno edema na coxa esquerda. A direção será cautelosa a fim de não repetir o erro de 2012, quando o camisa 10 foi escalado por Dorival Júnior no segundo tempo da final do Gauchão e, ainda fora das melhores condições após um estiramento, também na coxa esquerda, sofreu com as lesões em boa parte da temporada.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.