Virou

Reservas do Inter saem atrás, mas conseguem virada sobre o Aimoré

Wellington Paulista e Sasha foram os responsáveis pelo triunfo em São Leopoldo

Atualizada em 09/03/2014 | 18h3309/03/2014 | 17h55
Reservas do Inter saem atrás, mas conseguem virada sobre o Aimoré Lauro Alves/Agencia RBS
Inter virou em cima do Aimoré no Cristo Rei Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Alguns resultados de Abel Braga são inusitados. Diante do São José, o treinador mandou a campo quatro meias e apostou em um time extremamente ofensivo. Resultado: um empate sofrido diante do rival da Capital. Neste domingo, contra o esforçado Aimoré, no estádio João Correia da Silveira, quatro volantes, lentidão na armação das jogadas e laterais apagados na partida. Placar: 2 a 1, em uma tarde em que apenas os gols de Eduardo Sasha e Wellington Paulista podem ser motivo de comemoração por parte dos colorados.

Relembre os lances de Aimoré 1x2 Inter
Confira as imagens do jogo em São Leopoldo

Era uma partida para testes. Abel já havia indicado isso ao longo da semana. O técnico do Inter mandou a campo uma escalação diferente. Com titulares poupados e com o foco na Copa do Brasil, uma linha com três volantes _ Ygor, Augusto, João Afonso _ aparecia à frente de Sasha, Alan Ruschel e Wellington Paulista. Ygor atuava mais à defesa, fazia as vezes de um terceiro zagueiro, entre os jovens Thales e Alan. Já ao lateral-esquerdo coube a armação das jogadas, improvisado no meio de campo. Segundo Abel, o objetivo seria testar Ruschel como armador da equipe.

Não funcionou. Sem qualidade na criação e lento na saída de bola com Ygor e João Afonso, o Inter tornou-se previsível, fácil de ser marcado. Passou a dar chutões para Wellington Paulista e Sasha. Pelas laterais, Cláudio Winck não repetiu as boas atuações com o grupo principal. Sentiu a ausência de D'Alessandro e sucumbiu à falta de qualidade pelo seu setor do campo. Raphinha, ligeiro e com destaque para a vitória pessoal, fazia do lado esquerdo o maior perigo do Inter.

A surpresa ocorreu aos 12 minutos, no gol de Marcelo Ramos. No escanteio da direita, Muriel ficou em dúvida quanto à saída do gol e Thales afastou, de cabeça, para o meio da área. O zagueiro do Aimoré pegou de primeira, na veia, e bateu Muriel. A partir daí, o Aimoré se fechou e passou a jogar nos contra-golpes.

Sem criatividade, apenas a jogada individual poderia fazer o Inter chegar ao empate em São Leopoldo. Wellington Paulista deixou a área, cruzou da esquerda do ataque e o defensor do Aimoré parou, na expectativa de que a bola saísse para a linha de fundo. Eduardo Sasha esticou-se todo e conseguiu finalizar para vencer Rafael.

A virada do Inter partiu da modificação de Abel no intervalo. O volante Gladestony entrou na vaga de Raphinha e os laterais Alan Ruschel e Cláudio Winck puderam sair para o jogo. O Inter produziu mais nos primeiros minutos da etapa inicial. Logo aos 13 minutos, Sasha, entre dois marcadores, conseguiu dar um toquinho na bola e encontrar Wellington Paulista. O centroavante entrou na área e chutou fraco. Rafael aceitou.

Com a melhor campanha do Gauchão garantida antes mesmo desta rodada iniciar, o Inter foca suas forças na estreia da Copa do Brasil, contra o Remo, quarta-feira. Embarca para o Pará nesta segunda-feira, às 18h40min, na tentativa de conquistar um título que não vence há 22 anos. Sem D'Alessandro, lesionado. E com o que tem de melhor. Chega de testes, Abel.

GAUCHÃO — 13ª RODADA — 9/3/2014

AIMORÉ 1
Rafael; Danilo Baia, Baggio, Marcelo Ramos, Juca (Moacir, 29'/2ºT); Basilio Toto, Faísca, Renato Medeiros (Paulo Cesar, no intervalo); Diego Torres (Lucas Silva, 18'/2ºT) e Cleiton. Técnico: Hélio Vieira

INTER 2
Muriel; Claudio Winck, Alan, Thales e Raphinha (Gladestony, no intervalo); Ygor, João Afonso, Augusto e Alan Ruschel (Murilo, 38'/2ºT); Eduardo Sasha (Caio, 25'/2ºT) e Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Júlio César Santos e Marcelo Oliveira e Silva

Gols
: Marcelo Ramos, aos 12, Eduardo Sasha, aos 33 minutos do primeiro tempo. Wellington Paulista, aos 13 minutos da etapa final

Cartão amarelo: Baggio, Marcelo Ramos (A). Cláudio Winck (I)

Público e renda: não informados

Local: estádio João Correia da Silveira, São Leopoldo

PRÓXIMO JOGO _ GAUCHÃO
16/3/2014, Arena Alviazul, Lajeado
LAJEADENSE x INTER

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.