Respeito

Ernando e Lisca prestam solidariedade aos familiares das vítimas de voo da Chapecoense

Zagueiro e técnico do Inter se pronunciaram após treinamento na manhã desta quarta-feira

Por: ZH Esportes
30/11/2016 - 17h54min | Atualizada em 30/11/2016 - 18h16min

O técnico Lisca e o zagueiro Ernando, após treinamento do Inter na manhã desta quarta-feira, se pronunciaram a respeito da queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas na madrugada de terça-feira. Eles prestaram solidariedade aos familiares das vítimas envolvidas no acidente e o treinador ressaltou que o acontecimento foi um "golpe duro no futebol".

– Quero mostrar nossa consternação com o acontecido. A Chape é um extensão do nosso futebol. Vários jogadores (que estavam na Chapecoense) já passaram por aqui. Ontem (terça-feira) foi muito difícil de trabalhar e de assimilar esse duro golpe. Nós, que trabalhamos com o futebol e vivemos este ambiente de voo fretado, nos colocamos no lugar das famílias que ficaram. Foi um golpe duro no futebol. Hoje nós treinamos e fizemos o que os jogadores da Chapecoense mais gostavam: se preparar, treinar e competir. É um momento difícil, mas em respeito a eles, temos de seguir a nossa vida. Quero mandar um grande beijo a toda a comunidade de Chapecó, seus torcedores, funcionários, jogadores, filhos e famílias. Estamos aqui de peito aberto para poder ajudar. Temos vários amigos lá. A vida segue. Dura, triste, mas segue – lamentou Lisca.

Leia mais:

Avião da Chapecoense desrespeitou plano de voo, admite companhia
Alex não treina, mas é tendência para a lateral contra o Fluminense 
Por mobilização total, Inter vai levar grupo completo para o Rio de Janeiro

O técnico ainda se mostrou favorável ao adiamento da última rodada do Brasileirão para o dia 11 de dezembro. Segundo ele, "a CBF acertou em cheio" ao tomar esta atitude.

Em seguida, foi a vez do zagueiro e capitão do Inter falar sobre o ocorrido. 

– É uma tragédia imensurável. A gente fica tentando procurar o porquê isso aconteceu. Sentimos muito pelos familiares que perderam seus entes queridos. Colegas de profissão estavam no voo. É o caso do Josimar. O (Alan) Ruschel, que, graças a Deus, conseguiu sobreviver ao acidente. Torço para que a recuperação dele seja a mais rápida possível – desejou o capitão colorado.

*ZHESPORTES

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.