Em São Paulo

Inter tem voo tranquilo e com assédio de torcedores a Valdívia

Delegação colorada chegou a Guarulhos às 17h20min desta terça

Por: Leandro Behs - direto de São Paulo
18/04/2017 - 18h14min | Atualizada em 18/04/2017 - 18h55min
Inter tem voo tranquilo e com assédio de torcedores a Valdívia Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS  

No voo 1177 da Gol, que levou o Inter a São Paulo em pouco mais de uma hora e 15 minutos, houve algum pesar pela ausência de D'Alessandro e de Edenilson, justamente na partida que poderá ser a grande prova da maioridade do time de Antônio Carlos Zago. Afinal, poucos jogos no Brasil dão maior visibilidade do que enfrentar o Corinthians em São Paulo.

Não há conformismo no ar, mas a delegação colorada encara o clássico com realismo. É preciso fazer gol (ou gols) para seguir sonhando com a reconexão aos grandes clubes na temporada e a mecânica da equipe foi dizimada com as perdas de Carlinhos (suspenso), de Edenilson e de D'Alessandro (ambos lesionados).

Leia mais:  
Corinthians x Inter: tudo o que você precisa saber para acompanhar a partida  
Jadson evolui e fará teste no vestiário antes do jogo contra o Inter 
RBS TV transmitirá jogos do Inter na Série B do Brasileirão

Como prova de que, em tempos de baixa do clube, D'Alessandro é o cartão de visitas do Inter, a tietagem nos aeroportos (Salgado Filho e Guarulhos) e no voo foi bem menor do que o habitual. Com a delegação distribuída entre os demais passageiros da Gol, Valdívia, mesmo na reserva, acabou sendo o jogador mais procurado para autógrafos. Foi perseguido também pelas câmeras paulistas, uma vez que duas semanas atrás o seu nome foi fortemente cotado para integrar o Corinthians.

No desembarque, uma estranha paz: nada de ironias dos rivais e alguns pedidos de autógrafos. Ainda que o meio-campo colorado tenha perdido o camisa 10 e o camisa 8 para o jogo no Itaquerão, há grande confiança na capacidade de grandes enfrentamentos com o chileno Felipe Gutiérrez, que estreará como titular diante do Corinthians.

— Gutiérrez pode jogar em todas as posições do meio-campo, mas é pelo lado esquerdo, na função que vinha sendo feita pelo Uendel, onde se sente melhor — atesta o vice de futebol do Inter, Roberto Melo.

*ZHESPORTES

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.