De fora da área

Eduardo Lacher: #nadavainosseparar

Dirigente do Inter conclama os colorados a abraçarem o time nos jogos em casa, como o deste sábado, às 19h, contra o ABC

18/05/2017 - 17h12min | Atualizada em 18/05/2017 - 17h37min
Eduardo Lacher: #nadavainosseparar Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS  

Sábado será um dia marcante para o Inter. Depois de abrir a competição mais importante do ano com o pé direito, enfrentaremos o ABC na nossa casa, ao lado da nossa torcida. O ano de 2016 foi de sofrimento para todos nós. Mas estamos encarando o desafio de frente. Com a humildade que o momento exige, mas com a cabeça erguida. Com respeito aos adversários, mas com foco e determinação para voltar à Série A o mais breve possível.

Leia mais:

Dirigente sinaliza saída de Valdívia: "Talvez tenha interesse em novos ares"
Dupla Gre-Nal tem sequência de jogos até volta da Copa do Brasil
Do que o Inter precisa para avançar às quartas de final da Copa do Brasil

A atual gestão foi eleita com 95% dos votos dos sócios. Votos por mudanças. E as mudanças vêm sendo feitas desde o primeiro dia, em todas as áreas do clube. Especialmente no futebol, onde houve uma profunda alteração no grupo de profissionais e de atletas.

Uma nova postura também foi tomada no posicionamento estratégico, buscando resgatar nossa imagem, aproximar todos os colorados nesse momento de dificuldade, resgatar nossas raízes populares, de inclusão.

As mudanças estão em curso, mas não acontecem da noite para o dia. O Inter tem uma estrutura centenária, uma cultura própria. E toda transformação, no caso atual, reconstrução, requer rumo, firmeza e capacidade de escuta. As mudanças têm de ser perenes e seguras.

A força do nosso clube é muito maior que as dificuldades que se apresentam. Demonstrações foram dadas ao longo dos nossos 108 anos. Construímos um estádio onde tudo era água, com a participação efetiva de milhares de colorados. Somos o único campeão brasileiro invicto. Em 2006, com apoio incondicional da torcida, chegamos às nossas maiores conquistas. Temos hoje o melhor e mais bonito estádio do Brasil, numa estruturação de negócio superior à de outros clubes. Todos esses feitos só foram possíveis com a participação de muitos.

Mais uma vez, os colorados estão sendo chamados a fazer a diferença. A missão não é para poucos, é para todos. E como sempre, eles estarão lá para ajudar. É fundamental criar um ambiente positivo, que contribua para a volta ao nosso lugar de direito. Não estamos vivendo um ano normal. Sim, esse é o momento mais difícil da história. Vamos superá-lo juntos. Nós colorados poderemos fazer isso. Ninguém fará por nós. É hora de apoio. Não à diretoria ou a algum jogador especificamente, mas à camisa vermelha, ao clube do nosso coração.

Nesse sábado, a partir das 19h, é o momento de expressar tudo isso. De jogar junto, fazer a sua parte: foco, garra e união. Vamos fazer de cada uma das 37 rodadas que faltam uma final de campeonato. Fazer da nossa casa, o Gigante da Beira Rio, um caldeirão nos 19 jogos que teremos. Vamos fazer dessa competição uma verdadeira escalada para novas conquistas. Nada, mas nada mesmo, vai nos separar.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.