Duelo de brasileiros

Atlético-MG e São Paulo decidem vaga nas quartas de final da Libertadores

Mineiros e paulistas se enfrentam no Independência na partida de volta das oitavas

08/05/2013 | 11h22
Atlético-MG e São Paulo decidem vaga nas quartas de final da Libertadores Nelson Almeida,AFP/
Atlético-MG venceu o primeiro jogo, no Morumbi, por 2 a 1 Foto: Nelson Almeida,AFP

Atlético-MG e São Paulo caíram no Grupo 3 da Copa Libertadores e, após as seis rodadas, os dois avançaram. Nesta quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final, no estádio Independência, às 22h, somente um dos dois clubes continuará vivo na competição continental. No primeiro duelo, vitória do Galo por 2 a 1, fora de casa. Com isso, a equipe mineira pode empatar ou até perder por 1 a 0 em casa que se classifica. Em caso de vitória são-paulina por 2 a 1, a disputa vai para os pênaltis. Qualquer outro placar com vitória dos paulistas dá a vaga ao time de Ney Franco.

O Atlético-MG conta com o retorno do zagueiro Leonardo Silva, que cumpriu suspensão na última partida por conta do terceiro cartão amarelo. Pelo lado são-paulino, a dúvida gira em torno do atacante Osvaldo. O Galo carrega uma invencibilidade de 46 jogos como mandante, sendo 32 dessas partidas realizadas no estádio Independência.

ATLÉTICO-MG

No treino derradeiro para pegar o São Paulo, o técnico Cuca resolveu esconder a primeira parte do treino da imprensa. Com 25 minutos além do horário habitual, os jornalistas só pegaram o final da atividade, que consistia em um rachão. Porém, pode-se observar duas coisas: o zagueiro Leonardo Silva treinou separadamente e alguns atletas fizeram cobranças de pênalti.

O defensor machucou a mão direita, sendo constatada uma fratura leve na região. Ele continua sob observação forte do departamento médico do Atlético e, até a véspera do pontapé inicial, deve permanecer como dúvida.

Apesar de poder perder por até 1 a 0, não se descarta, na mente da comissão técnica, uma disputa de penalidades. Jogadores como Ronaldinho Gaúcho, Réver, Pierre, Jô e Richarlyson bateram na marca penal. O último teve o melhor aproveitamento, abusando da força nos chutes.

Cientes de que terão um caldeirão a favor na noite de quarta, os atleticanos querem a torcida alvinegra como sempre: gritando o tempo todo e pressionando o time de Ney Franco. Com a vitória no jogo de ida, a ideia do Galo, segundo Tardelli, é aproveitar o erro são-paulino para matar o duelo de 180 minutos.

— Temos que pensar na gente, pensar que temos o resultado nas mãos, quem está precisando do placar são eles, eles que irão sair para o jogo é manter a disciplina tática. Se puder fazer um gol, dificultará muito para eles.

SÃO PAULO

O elenco são-paulino está concentrado desde segunda-feira visando ao confronto diante do Galo. O técnico Ney Franco comandou um treino fechado, nesta terça, no estádio Independência. O atacante Osvaldo, com um trauma no quadril, ainda é dúvida para o jogo. O jogador ficou no hotel para fazer tratamento, juntamente com o goleiro Rogério Ceni, que ainda se recupera do trauma no pé direito. Já Aloísio, com estiramento no músculo adutor da coxa direito, está vetado por três semanas.

A novidade é a presença do atacante Luis Fabiano. Expulso na terceira rodada do Grupo 3 do torneio continental, diante do Arsenal (ARG), no estádio do Pacaembu, o Fabuloso pegou gancho de quatro jogos ao proferir ofensas ao árbitro colombiano Wilmar Roldán e retorna neste jogo. Vale ressaltar que é o artilheiro da equipe na temporada, com 12 gols.

O comandante não poderá contar com o zagueiro Lúcio, expulso no jogo de ida após receber o segundo amarelo (o primeiro por reclamação) ao cometer falta dura no jovem meia-atacante Bernard. Rhodolfo, com um estiramento na coxa esquerda, também é ausência.

O recém-contratado atacante Silvinho está relacionado para a partida. Esse pode ser o primeiro jogo do jogador com a camisa são-paulina.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SÃO PAULO

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva (15 Gilberto Silva), Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Diego Tardelli, Ronaldinho e Bernard; Jô. Técnico: Cuca

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

LOCAL: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
DATA/HORÁRIO: 8/5/2013, às 22h
ÁRBITRO: Roberto Silveira (URU)
ASSISTENTES: Carlos Pastorino e Gabriel Popovits (URU)

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.