Projeto da Arena do Grêmio é aprovado pelos vereadores

Obra na zona norte da Capital gerou impasse e discussões na Câmara

29/12/2008 | 20h59
Projeto da Arena do Grêmio é aprovado pelos vereadores Diego Vara /
Depois de impasse sobre a obra, Câmara chegou a um consenso e deu aval ao projeto Foto: Diego Vara

Assim como ocorreu mais cedo com os projetos do Inter, relativos ao terreno dos Eucaliptos e à reforma do Beira-Rio, o Grêmio obteve o mesmo sucesso na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Na noite desta segunda, pouco depois das 20h45min, por 24 votos favoráveis contra nove (com uma abstenção) e com muitas discussões para resolver impasses sobre altura dos prédios, o legislativo municipal aprovou o projeto da Arena do Grêmio, que será construída no bairro Humaitá, zona norte da Capital, e também a obra que será erguida na Azenha, onde hoje está localizado o Estádio Olímpico.

Os vereadores elaboraram algumas emendas para o projeto inicial que foi apresentado pelo Grêmio. O grande ponto de discussão foi em relação ao empreendimento residencial que será construído onde hoje está o Estádio Olímpico, que teria que se adequar ao Plano Diretor da capital. Ao final, ficou definido que o projeto original será mantido, rejeitando assim o projeto de lei substitutivo.

Sobre a Arena, um conjunto de emendas foram propostas pelos vereadores e votadas nesta segunda-feira. Depois de pequena discussão entre os líderes de partido, houve então a aprovação do projeto.

– A cidade ganha muito com a aprovação dos projeto (Arena e Beira-Rio). Agora, Grêmio e Inter terão que apresentar os projetos até o dia 15 de janeiro ao comitê brasileiro. Nós não estamos tratando apenas de dois estádios de futebol e sim de obras que serão importantes para Porto Alegre. Recursos específicos virão do Governo federal para obras de infra-estrutura – garante José Fortunatti, responsável pela Secretaria Especial para Copa em Porto Alegre.

Representaram o Grêmio na Câmara de Vereadores o presidente em exercício, Cesar Pacheco, o presidente do Conselho Deliberativo, Raul Régis de Freitas Lima, o vice-presidente Irany Sant'anna Junior e o diretor executivo de planejamento, Cristiano Koehler.


Notícias Relacionadas

28/12/2008 | 14h10

Da Baixada à Arena: Grêmio sai do Olímpico para seguir crescendo

Novo projeto encontra resistência de ex-presidente que viu estádio atual ser construído

Projeto da Arena será votado nesta segunda-feira 28/12/2008 | 13h23

Câmara de Vereadores se reúne para aprovar o projeto de lei que envolve o novo estádio

22/12/2008 | 06h01

Construção da Arena assusta sócios do Grêmio

Proprietários de títulos patrimoniais temem pela perda de direitos

20/12/2008 | 04h45

Arena começará a ser construída em seis meses e deve ficar pronta em 2012

Contrato foi firmado na sexta-feira

19/12/2008 | 15h39

Grêmio assina com OAS projeto para construção da Arena

Autoridades do Estado, do município e do clube estiveram presentes

18/12/2008 | 21h02

Sócio do Grêmio protocola cancelamento da votação da Arena

Fábio Mundstock é ligado ao movimento liderado por Hélio Dourado

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.