É campeão!

ACBF vence o Inter por 4 a 1 e conquista a Copa Intercontinental de Futsal

Equipe de Carlos Barbosa precisava derrotar os espanhóis para ficar com o título, na noite deste sábado, na Serra

30/06/2012 | 22h41
ACBF vence o Inter por 4 a 1 e conquista a Copa Intercontinental de Futsal Renato Zaro/ACBF
Poletto (11) abraça Jonathan no terceiro gol da ACBF sobre o Inter, da Espanha Foto: Renato Zaro / ACBF

O atual pentacampeão da Copa Intercontinental de Futsal não resistiu à atuação precisa da ACBF, na noite deste sábado, em Carlos Barbosa. Com um início arrasador, o time gaúcho derrotou o Inter, da Espanha, por 4 a 1 e ficou com o título da competição, que já havia sido conquistada pela equipe em 2004.

A ACBF, portanto, é bicampeã da Copa Intercontinental de Futsal, que reuniu, de quinta a sábado, os campeões continentais da última temporada.

O jogo

Mesmo com o apoio da torcida, que lotou o Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra, a ACBF sabia que o time espanhol era superior aos dois adversários anteriores. Por isso, partiu para cima. O início foi, de fato, arrasador, depois que o Inter chegou duas vezes com perigo. Em um dos lances, o goleiro Rennan salvou nos pés do oponente.

Logo a 1min45seg, Thiaguinho fez excelente jogada pela direita. Canhoto, ele cortou para o meio, passou por dois marcadores e chutou de bico, reto, no canto direito: 1 a 0. O segundo não demorou. No ataque seguinte, aos dois minutos, Rodrigo arriscou o chute da intermediária. A bola desviou na defesa e "matou" o arqueiro Juanjo.

A tônica da partida foi baseada na pressão da ACBF na saída de bola e em todas as tentativas de ataque do Inter. Tanto que aos 6min40seg, Poletto empurrou a bola para o gol após bonita jogada trabalhada da equipe gaúcha. Rodrigo cobrou falta para a ponta direita, para Daniel. O toque na ponta matou a defesa espanhola, que assistiu o ala rolar para o meio: 3 a 0.

O ginásio virou um caldeirão e o Inter não teve forças para reagir em um primeiro tempo que elevou o goleiro Rennan, da ACBF, como destaque mais uma vez.

O gol de Ortiz, aos seis minutos do segundo tempo, foi um alento, mas não o suficiente ao time espanhol. O goleiro-linha para tentar empatar o jogo não funcionou. Os erros de passes foram constantes. E a ACBF aproveitou. Rodrigo foi ao ataque e recebeu belo passe na esquerda, após contra-ataque. Ele dominou e, de perna direita, chutou por baixo do goleiro: 4 a 1.

Ao fim da partida, os jogadores correram para a torcida para comemorar o bicampeonato. Fogos, papéis e muita vibração foram constantes na festa. Rodrigo, o capitão, ergueu o troféu e garantiu mais uma taça para a sala do clube. E também para a comunidade de Carlos Barbosa.

Confira a classificação final da competição:
ACBF - 9 pontos
Inter - 6 pontos
Boca Juniors - 3 pontos
Montesilvano - 0 pontos

Relembre a campanha da ACBF:
ACBF 4 x 1 Boca Juniors
ACBF 4 x 1 Montesilvano
ACBF 4 x 1 Inter

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.