Programa colorado

Agora é confirmado: Forlán chega às 14h43min de sábado na Capital

Craque uruguaio de 33 anos já tem horário marcado neste final de semana para chegar a Porto Alegre e assinar com o Inter por dois anos. Passagens já estão reservadas

05/07/2012 | 06h33
Agora é confirmado: Forlán chega às 14h43min de sábado na Capital ap/AP
Diego Forlán está com passagem marcada para Porto Alegre Foto: ap / AP

Torcedor colorado, você já tem programa no sábado à tarde! Diego Forlán tem chegada prevista ao Aeroporto Salgado Filho às 14h43min. O melhor jogador da Copa do Mundo de 2010 e o empresário Jorge Baidek têm reservas para partir de Milão amanhã, às 21h30min. A chegada ao Brasil está marcada para as 4h50min de sábado, em Guarulhos. Depois de um breve descanso em São Paulo, o novo reforço colorado embarca às 13h05, devendo chegar a Porto Alegre para assinar com o Inter às 14h43min, provavelmente já nos braços da massa vermelha.

Direção não esconde otimismo

Ao menos esse é o cronograma, se tudo der certo quanto à rescisão com a Inter de Milão. De duas em duas horas o vice de futebol Luciano Davi tem ligado para o advogado do Inter Daniel Cravo para monitorar o andamento da negociação. O advogado está na Itália acompanhando tudo.

Apesar da cautela com a concretização do negócio, o dirigente não conseguiu segurar o sorriso ao ser perguntado se espera para este final de semana a chegada do jogador a Porto Alegre.

— Não sei. Vamos aguardar. Se houve rescisão, amanhã (nesta quinta) anunciaremos que faremos uma proposta oficial. Há 30 dias fizemos um esboço do que o Inter poderia pagar sem comprar o jogador — desconversou Davi.

Uruguaio vai virar marca

Sem precisar desembolsar nenhum tostão para a vinda do craque uruguaio, o Inter elaborou um contrato que prevê a exploração da imagem de Forlán, nos moldes do que já ocorre com D'Ale. Com esse incremento, o clube conseguirá oferecer um salário atraente.

— Mas não é nada fora dos padrões do Inter — garante Davi.

A ideia é faturar alto com publicidade e licenciamento de produtos.

— Tudo o que o Inter trouxer vai ter um percentual a mais para o jogador. Tudo o que ele usar da imagem do clube, terá um percentual para o Inter. É a ideia que encontramos para ajustar a questão salarial — explicou o dirigente.

Números de Forlán

Temporada 2010/2011 (Atlético de Madrid)
- Jogos - 32
- Como titular - 23
- Começando no banco - nove
- Gols - oito
- Cartões amarelos - três
- Expulsão - nenhuma

Temporada 2011/2012 (Inter de Milão)
- Jogos - 18
- Como titular - 14
- Começando no banco - Quatro
- Gols - dois
- Cartões amarelos - um
- Expulsão - nenhuma

Na seleção uruguaia
- Defende a Celeste desde 2002
- Jogos - 87
- Vitórias - 34
- Empates - 31
- Derrotas - 22
- Gols - 33
- Título - Copa América 2011
- Primeiro jogo - 27/3/2002: Arábia Saudita 2x3 (amistoso, marcou um gol)
- Último jogo - 10/6/2012: 4x2 Peru (Eliminatórias)

Ídolo no Atlético

Forlán é um dos jogadores mais importantes da história do Atlético de Madrid. O uruguaio esteve só quatro temporadas completas, porém, deixou vários recordes na história do clube. É o único jogador que conseguiu a Chuteira de Ouro de máximo goleador europeu, em 2008/2009, quando terminou a Liga Espanhola com 32 gols.

Pode-se dizer que colocou o Atlético na Liga dos Campeões daquele ano, já que a equipe terminou na quarta posição graças aos 12 gols que ele fez nos últimos oito jogos. Além disso, em 2010, viveu um ano inesquecível. Dois gols seus deram ao Atlético a Liga Europa. O clube voltava a levantar uma taça europeia depois de 48 anos e ele foi o protagonista. Semanas depois foi eleito o melhor jogador da Copa.

Por último, em agosto de 2010, levantou a Supercopa da Europa, depois de ganhar da Inter. Para a torcida, Forlán foi um ídolo que dificilmente se esquecerá. O grito de U-RU-GUA-IO, U-RU-GUA-IO retumbou no Vicente Calderón e marcou época. Como jogador sempre foi exemplo de trabalho e compromisso."

Jorge García Hernández, setorista do Atlético de Madrid no jornal AS, da Espanha

Referência na Celeste

"Diego Forlán é uma das referências da seleção uruguaia. Sua presença é tão importante pelo que faz e também pelo respeito que tem dos rivais. Quando ele não joga, as equipes que enfrentam o Uruguai se sentem liberados, já que não têm a preocupação com os arremates de Forlán, que é um jogador temível por seus chutes de longa e média distância. Além disso, é uma parte importante no processo futebolístico de Oscar Tabárez.

Hoje, ele já não é mais a estrela máxima. Luis Suárez roubou o seu lugar e logo em seguida vem Cavani. Forlán fica numa terceira posição, porém, é um dos mais importantes, pela trajetória e pela experiência. Quando joga, seus companheiros encontram mais espaços. Na Seleção, ele joga como atacante. Já na Inter atuou mais como meia.

Raul Tavani, repórter do jornal El País, do Uruguai

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.