Má campanha

Seleção feminina de basquete perde para o Canadá e está fora dos Jogos

Após quarta derrota, equipe apenas cumpre tabela neste domingo, contra a Grã-Bretanha

03/08/2012 | 12h37
Seleção feminina de basquete perde para o Canadá e está fora dos Jogos TIMOTHY A. CLARY/AFP
Em sua melhor partida nos Jogos, Brasil perdeu por 79 a 73 Foto: TIMOTHY A. CLARY / AFP

A seleção brasileira feminina de basquete alcançou sua quarta derrota nos Jogos Olímpicos de Londres e encerrou suas chances de classificação para a segunda fase, nesta sexta-feira. Em sua melhor partida no torneio, o time perdeu para o Canadá, por 79 a 73.

O destaque da equipe foi Érika, cestinha do jogo com 22 pontos. Pelo lado das canadenses, as melhores foram Pilypaitis e Smith, com 14 cada.

Agora, o Brasil irá cumprir tabela contra a Grã-Bretanha, neste domingo, às 18h15min (de Brasília). Caso vença, irá igualar a campanha de Pequim/2008, quando teve apenas um triunfo, contra Belarus (68 a 53).

O jogo

O primeiro quarto foi desatroso para a equipe do técnico Luís Cláudio Tarallo. As brasileiras marcaram só oito pontos, enquanto as canadenses tiveram melhor aproveitamento no ataque e com tranquilidade fecharam a etapa em 18 a 8.

Na volta, as brasileiras esboçaram uma reação com cesta de três de Clarissa, e diminuíram a desvantagem para quatro pontos após novo chute da linha de três, desta vez de Silvinha. O sucesso no arremesso fez com que a ala passasse a apostar no lance, mas ela não obteve sucesso e desperdiçou ataques.

Com outros erros ofensivos, o Brasil viu o Canadá abrir novamente em vantagem, após sua recuperação. Com jogadas pelas alas, as canadenses colocaram 14 pontos de diferença e foram para o intervalo vencendo por 39 a 25.

Érika comandou o Brasil no terceiro quarto. A pivô incomodou a defesa canadense e anotou oito pontos. Joice entrou e também aumentou o ritmo da equipe. Ela diminuiu a diferença para 50 a 49. As canadenses voltaram a pontuar com dois arremessos de três pontos, mas Clarissa logo em seguida deixou as brasileiras próximas no placar, que foi para o último quarto com 55 a 53 para o Canadá.

Clarissa anotou três pontos e colocou o Brasil na frente no início da etapa final. O time voltou a ficar desatento e as rivais viraram, obrigando Tarallo a pedir tempo. Após um início ruim de jogo, Karla voltou à quadra e com cesta de três e empatou o duelo. As brasileiras começaram a fazer faltas para forçar o erro das rivais.

Apesar de dar certo no início, a tática deixou Érika pendurada e ela teve de ser preservada no meio do quarto. Com um minuto para o fim, o Canadá colocou sete pontos e só administrou a vantagem, fechando a partida em 79 a 73.

Outros resultados:

Rússia 66 x 70 Austrália
Angola 56 x 75 Croácia

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.
Imprimir