Averiguação

Ministério Público pede para ver contrato entre Inter e Andrade Gutierrez

Órgão quer esclarecer se a construção das estruturas temporárias estão presentes no acordo

24/03/2014 | 19h28
Ministério Público pede para ver contrato entre Inter e Andrade Gutierrez Lauro Alves/Agencia RBS
Inter afirma que não há qualquer menção às estruturas temporárias no contrato Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

O Ministério Público pediu para ter acesso ao contrato firmado entre o Inter e a construtora Andrade Gutierrez para a reforma do Beira-Rio. A intenção é esclarecer se a construção das estruturas temporárias estão presentes no acerto. O Inter afirma peremptoriamente que não há qualquer menção ao tema no contrato e havia se disposto a encaminhá-lo para consulta ainda ontem, conforme o promotor Nílson de Oliveira Rodrigues Filho.

— É preciso ter uma certeza clara de quem são os responsáveis. Mas acho que a lei tem que ser aprovada, para que o Estado esteja preparado para agir (caso Inter e COL não paguem diretamente pelas estruturas) — ressaltou Rodrigues Filho.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.