Cutucada

Revista da Fifa afirma que o Brasil deixa tudo para a última hora

Informe oficial da entidade critica atrasos para a Copa em reportagem que dá dicas aos turistas que virão ao Brasil

21/03/2014 | 19h03
Revista da Fifa afirma que o Brasil deixa tudo para a última hora  Reprodução/Fifa Weekly
Matéria de revista oficial da Fifa critica atraso brasileiro Foto: Reprodução / Fifa Weekly

A 83 dias da Copa do Mundo 2014, a revista "Fifa Weekly" traz em sua edição uma matéria com uma série de cutucadas no Brasil, intitulada "Brazil for begginers" (Brasil para iniciantes, tradução livre).

Em dez dicas de como o turista pode se virar em terras tupiniquins, o texto retrata o Brasil como um país que não respeita a pontualidade, não tem paciência para ficar em filas e deixa para fazer tudo na última hora, falando que isso se aplica "até mesmo os estádios brasileiros". A indireta se refere ao atraso na entrega de obras necessárias para a Copa sendo que, a menos de três meses do torneio, a organização do evento ainda não inaugurou os estádios de Curitiba, Cuiabá e São Paulo.

Confira dicas da Fifa Weekly para o turista que irá visitar o país (tradução livre):

"Sim" nem sempre significa "sim"

Brasileiros são pessoas abertas e otimistas e nunca começarão uma frase com "não". Porém há "níveis de afirmação" quando eles usam a palavra "sim". De fato, para brasileiros, "sim" significa "talvez", então se alguém lhe diz "sim, te retorno a ligação", não espero que o telefone toque nos próximos cinco minutos.

O tempo é flexível

Pontualidade não é uma ciência exata no Brasil. Quando marcar um compromisso, ninguém vai esperar que você esteja lá no horário e lugar exato - um atraso de 15 minutos é praxe. Se duas pessoas decidem se ver às 12h30min, elas, na verdade, se encontrarão às 12h45min.

Contato corporal

Homens e mulheres brasileiros não estão familiarizados com a forma europeia de manter uma distância educada entre si. Eles falam com suas mãos e não hesitarão em tocar as pessoas com as quais estão conversando. Em casas noturnas isso pode levar a um beijo (na bochecha) e não deve ser mal interpretado. No Brasil, um beijo é apenas uma forma de comunicação não-verbal - não um convite para ir além.

Filas

Esperar pacientemente na fila não está no DNA do brasileiro. Ao subir uma escada, o exemplo britânico onde as pessoas se mantém de um lado não existe. Ao invés disso os brasileiros preferem o caos, ainda que as pessoas consigam subir de alguma forma (geralmente).

Controle-se

Se você for a uma churrascaria que ofereça buffet livre e quiser se afundar nas carnes, lembre-se de duas coisas: não coma nada nas 12 horas anteriores e prefira porções pequenas, uma vez que a melhor carne geralmente é servida por último.

Sobrevivência dos mais fortes

Nas ruas, o pedestre é sempre ignorado e, mesmo em uma faixa de pedestre, dificilmente um motorista irá parar voluntariamente. A preferência entre os motoristas é definida simplesmente por qual carro é maior.

Experimente Açaí

Essas frutinhas da Amazônia realmente operam milagres. São agentes naturais de emagrecimento, previnem rugas e diz-se que possuem os mesmos efeitos de uma bebida energética. Uma pequena porção no intervalo poderia ajudar o mais cansado jogador de futebol voltar ao campo.

Fazer topless

Nudez e arte corporal feminina podem ser comuns durante o Carnaval, mas não é algo que você vai ver todo dia no Brasil. Apesar dos biquínis brasileiros serem feitos com menos tecido do que os europeus, eles são sempre usados. Se bronzear na praia sem usar nada é estritamente proibido e pode resultar em multa.

Sem espanhol

Tentar falar espanhol para se comunicar com os brasileiros não irá adiantar. A língua oficial do Brasil é uma variação do português de Portugal e, se você disser que a capital do país é Buenos Aires, você pode ser deportado.

Tenha paciência

No Brasil as coisas são geralmente feitas no último minuto e, se existe uma coisa que todos os turistas devem lembrar, é que não deve se deve perder a paciência. Tudo ficará bem e pronto a tempo. Isso se abrange até mesmo aos estádios brasileiros. De fato, uma atitude tipicamente brasileira com a vida poderia ser resumida em "relaxa e aproveita".

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.