Versão mobile

50 anos depois

Tecnologia termina com uma das maiores polêmicas do futebol

Gol da Inglaterra na final da Copa de 66 foi válido, segundo estudo

Por: Zero Hora
06/01/2016 - 21h52min
Tecnologia termina com uma das maiores polêmicas do futebol Ver Descrição/Agencia RBS
Foto: Ver Descrição / Agencia RBS

A tecnologia parece ter acabado de vez com uma das polêmicas mais famosas da história do futebol. O gol de Geoff Hurst, da Inglaterra, aos 8 minutos do primeiro tempo da prorrogação da final da Copa do Mundo de 1966, contra a Alemanha, realmente foi válido, assim como assinalou a arbitragem. A conclusão foi da emissora de tevê britânica Sky Sports, após realizar estudo em supercomputador, juntamente com a produtora de jogos eletrônicos EA Sports. 

Everton supera o City pela Copa da Liga Inglesa

O chute de Hurst completa 50 anos em 2016. Na conclusão, a bola bateu no travessão, quicou próxima da linha da goleira e saiu. O auxiliar soviético Tofik Bakhramov avisou o juiz suíço Gottfried Denis que a bola entrou. O gol foi o terceiro dos ingleses, que acabaram vencendo por 4 a 2 após empatarem por 2 a 2 no tempo normal.  

*ZHESPORTES

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.