Em alta

Classificação é a palavra mais usada pelo Juventude

Embalado com a vaga nas quartas de final da Série C, alviverde quer passar pelo São Paulo na Copa do Brasil

Por: Cristiano Daros
20/09/2016 - 07h41min | Atualizada em 20/09/2016 - 07h42min
Classificação é a palavra mais usada pelo Juventude Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O verbo classificar deve ser o mais utilizado no Estádio Alfredo Jaconi ao longo das próximas semanas. O que é compreensível, visto que o time buscou a vaga nas quartas de final da Série C de forma suada. Venceu por 2 a 1, fora de casa, o Mogi Mirim e ainda contou com o empate do Ypiranga com o Guarani para chegar à fase decisiva. 

Mas, antes das decisões na C, há um São Paulo pela frente. Desta vez, pela Copa do Brasil. Casualmente, também vale um lugar nas quartas de final. E quem sabe, outra classificação.

— Se não tivéssemos classificado (na Série C), o sentimento seria diferente. Agora, a motivação é outra. Essa classificação dá moral para equipe, porque não foram uma vitória e uma classificação fáceis. Conseguimos no sufoco e vamos crescer com essa classificação — afirmou o centroavante Hugo.

Na declaração anterior, o atacante alviverde citou quatro vezes o verbo classificar. Quase o mesmo número que tem de gols na Série C: seis. Quantidade suficiente para lhe dar a artilharia da equipe na competição nacional. Hugo vinha se cobrando para voltar a marcar. E os gols não poderiam ter vindo em melhor hora. 

— Eu falei com a minha esposa que Deus reservou o melhor para mim, justamente para o final. Estava batalhando para isso, estava até ansioso. Fico muito feliz de ter feito na hora certa e ajudado o Juventude — destacou Hugo.

Os gols do centroavante garantiram a possibilidade de voltar a sonhar com o acesso à Série B. A partir de agora serão duas decisões contra o Fortaleza, nos dias 3 e 9 de outubro. Antes, outra ¿final¿, quinta-feira, contra um dos maiores clubes do Brasil. Por isso, a hora é de usar o embalo do torcedor e enfrentar os paulistas de igual para igual no Jaconi.

— Não podemos facilitar, temos que impôr o nosso ritmo. Acredito que podemos ganhar novamente, mas precisamos respeitar o São Paulo. Vamos tentar fazer um grande jogo e buscar essa vaga — destaca Hugo.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.