Copa do Brasil

Em vantagem, Juventude recebe o São Paulo em busca de vaga nas quartas de final

Apesar do 2 a 1 no Morumbi, Antônio Carlos ainda vê paulistas como favoritos

Por: Maurício Reolon
22/09/2016 - 06h45min | Atualizada em 22/09/2016 - 06h45min
Em vantagem, Juventude recebe o São Paulo em busca de vaga nas quartas de final Felipe Nyland/Agencia RBS
Cria do São Paulo, Antônio Carlos quer dar sequência na boa fase do Juventude Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

É uma noite especial para o torcedor do Juventude. Em um ano marcado pela retomada do clube no cenário nacional e no qual o time terá pela primeira vez a chance concreta de voltar á Série B, um jogo para reviver os grandes momentos da equipe na elite. Nesta quinta-feira, às 21h30min, o Ju recebe o São Paulo, no confronto de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. E tem uma vantagem importante, que permite sonhar ainda mais alto.

Após a vitória por 2 a 1 no Morumbi, o time do técnico Antônio Carlos pode fazer história. Caso avance, será a segunda vez em que o Juventude se colocará entre os oito melhores do país na competição. A única até aqui foi em 1999, quando a equipe sagrou-se campeã.

Mesmo com toda a euforia pela classificação na Série C e o bom momento na temporada, o treinador alviverde opta por um discurso cauteloso.

— Passei para os jogadores o fato de ficarmos marcados na história se conseguirmos passar pelo São Paulo. Mas, será um jogo superdifícil. Mesmo vencendo o primeiro duelo, vejo o São Paulo como favorito. É uma das melhores equipes do futebol brasileiro. Temos de manter a calma, a tranquilidade e procurar não ficar atrás, estar bem posicionados para conseguir um bom resultado e continuar na competição — avalia Antônio Carlos.

Depois de quase uma década sem conviver entre os gigantes da elite, o momento está aí. Nos tempos de Série A do Brasileirão, os grandes clubes do país temiam o Jaconi e a força alviverde dentro de casa. Naquela época, o São Paulo foi um dos que mais teve dificuldades para conseguir bons resultados em Caxias do Sul. Agora, mesmo com a disparidade financeira entre os dois times, a aposta é na boa fase do Juventude.

— Nosso campeonato é a Série C, mas estamos vivendo o sonho da Copa do Brasil. A gente quer seguir adiante, teremos um jogo muito difícil, mas o objetivo agora é passar de fase e buscar essa classificação diante do São Paulo — projeta o goleiro Elias.

Cria da equipe paulista, Antônio Carlos não esconde que eliminar o São Paulo teria um sabor especial na carreira. Para ele, apesar do respeito ao time do Morumbi, o momento é de valorizar o que tem sido feito no Jaconi:

— Lógico que tenho um carinho especial pelo São Paulo, por ser o time que me projetou ao futebol mundial, mas agora meu pensamento é no Juventude. Tenho um amor pelo clube e é um desafio muito grande recolocar o time na Série B e avançar para a próxima fase da Copa do Brasil.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.