Confronto equilibrado

Grêmio e Palmeiras se reencontram com histórico equilibrado na Copa do Brasil

Cada time se classificou duas vezes no confronto direto

Por: Rádio Gaúcha
23/09/2016 - 10h28min | Atualizada em 23/09/2016 - 10h28min
Grêmio e Palmeiras se reencontram com histórico equilibrado na Copa do Brasil Fernando Gomes/
Foto: Fernando Gomes

O sorteio da Copa do Brasil, ocorrido nesta manhã, colocou mais uma vez o Palmeiras no caminho do Grêmio. Os times já protagonizaram confrontos históricos e possuem um retrospecto de duas classificações para cada lado no torneio.

O primeiro duelo entre Grêmio e Palmeiras ocorreu em 1993. Nas quartas de final do campeonato, os clubes iniciaram o duelo no Pacaembu. Edmundo abriu o placar para os paulistas e Gilson Maciel empatou o confronto, no final do primeiro tempo.

Leia mais:
Grêmio pega o Palmeiras, e Inter encara o Santos na Copa do Brasil

O resultado foi levado para o Olímpico. A torcida do Grêmio levou um susto quando o zagueiro Tonhão abriu o marcador, aos 30. O empate só veio aos 46 da segunda etapa com Charles Fabian que substituiu, justamente, o artilheiro Gilson.

Nos pênaltis, incríveis 7 a 6 para uma classificação do Tricolor que chegaria até a final do torneio.

Em 1995, novo confronto, uma prévia do que ocorreria na Libertadores, meses depois. No Olímpico, Rivaldo abriu o placar e Dinho empatou. No Palestra Itália, Goiano fez o primeiro e Paulo Nunes ampliou. Lozano e Rivaldo buscaram o empate. O jogo teve quatro expulsões, sendo três pelo lado gremista. O Tricolor seguiu no torneio até a final, onde perdeu para o Corinthians.

No ano seguinte, novo confronto. Pela semifinal do torneio, o Palmeiras abriu como mandante. Rivaldo e Djalminha colocaram os paulistas em vantagem. Na segunda etapa, Paulo Nunes diminuiu e Müller colocou o 3 a 1 no placar.

Na volta Cláudio, aos 12 do segundo tempo, colocou o Palmeiras em uma posição ainda melhor. Jardel e Zé Alcindo viraram a partida, mas a classificação, desta vez, foi palmeirense.

Os times voltaram a duelar em 2012. O Grêmio iniciou como mandante. O time de Luxemburgo pressionava, mas o 0 a 0 não saia do placar. Aos 41, quem marcou foi o Palmeiras, com Mazinho. O resultado ficou ainda pior, aos 45, com o 2 a 0 marcado por Barcos.

Na volta, o time de Felipão segurou a sua vantagem. Fernando até abriu o placar, aos 21 do segundo tempo, ensaiando uma pressão gremista. Mas aos 27, Valdívia empatou o duelo e classificou o Palmeiras.

Os números do confronto:

Resultados: 1 vitória do Grêmio, 2 do Palmeiras e 5 empates

Classificações:  2 para cada lado

Gols: 9 para o Grêmio e 12 para o Palmeiras

Leia outras notícias sobre o Grêmio

Acompanhe o Grêmio no Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

*RÁDIO GAÚCHA

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.