Primeira decisão

MGA Games perde no Enxutão para a Celemaster na ida da final gaúcha de futsal feminino

Equipe de Uruguaiana surpreendeu em Caxias do Sul e venceu de virada por 5 a 4

Por: Adão Júnior
17/09/2016 - 22h15min | Atualizada em 17/09/2016 - 23h08min
MGA Games perde no Enxutão para a Celemaster na ida da final gaúcha de futsal feminino Roni Rigon/Agencia RBS
Duelo de craques: Becha (8) x Renatinha Adamatti (9) Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Apesar do ginásio Enxutão praticamente lotado, o MGA Games não conseguiu largar em vantagem na decisão do Estadual de Futsal Feminino, na noite deste sábado, em Caxias do Sul. De virada, a equipe da Celemaster venceu por 5 a 4 e vai jogar pelo empate para conquistar o título de 2016 no próximo sábado, dia 24, em Uruguaiana.

Mesmo sob forte marcação das adversárias, a craque Renatinha Adamatti começou ditando o ritmo do jogo com dribles desconcertantes. Logo aos dois minutos, a camisa 9 fez grande jogada pela esquerda, driblou todo mundo e colocou na saída da goleira Jéssica. A zaga se atrapalhou e a bola entrou: 1 a 0 para o MGA Games. Parecia questão de tempo o segundo gol. Jaqueline, Ketlin (a Teti) e Renatinha, duas vezes, acertaram a trave.

Talvez tenha sido o primeiro sinal de que a noite não seria laranja. Faltando quatro minutos para terminar o primeiro tempo, começou a aparecer uma intrusa na festa do MGA no Enxutão lotado. Becha, a camisa 8 da Celemaster, acertou um chute forte da entrada da área e empatou: 1 a 1.

Menos mal que o MGA retomou o controle do placar com gols de Jaqueline, tocando na saída da goleira, e Elisandra, completando assistência da esquerda: 3 a 1 e festa caxiense.

Jaqueline (14) comemora um gol do MGA com Elisandra (de frente) Foto: Roni Rigon / Agencia RBS


Antes do início da etapa final, houve um minuto de silêncio pela morte de Rudy Vieira, ex-supervisor da ACBF. Quando o jogo recomeçou, a camisa 8 Becha mostrou que era a noite perfeita para ela ser Renatinha Adamatti. Com menos de um minuto, ela pegou uma bola de primeira dentro da área e marcou um golaço: 3 a 2. Faltando seis minutos para acabar, Becha mandou outra bomba no ângulo da goleira Bruna Bueno e empatou: 3 a 3.

O terceiro gol da Celemaster aumentou a confiança dos cerca de 200 torcedores que vieram de Uruguaiana. A empolgação levou Dani Sousa a virar o placar para 4 a 3. Aí, Renatinha Adamatti chamou a responsabilidade para si e fez a goleira Jéssica trabalhar: uma defesa e uma secada na trave.

Quando o MGA se mandou para cima para tentar empatar, Becha mostrou categoria, anotou seu quarto gol no jogo e aumentou a vantagem da Celemaster para 5 a 3. No finalzinho, Jaqueline diminuiu o placar para 5 a 4, mas já era tarde.

Becha, superando a marcação de Shaiane, teve uma noite de Renatinha Adamatti e marcou quatro gols Foto: Roni Rigon / Agencia RBS


O MGA Games iniciou a partida com Bruna; Shaiane, Talita, Ketlin e Renatinha. Entraram durante o jogo Jaqueline e Elisandra. Já na Celemaster, o quinteto titular teve Jéssica; Jaque, Dani Sousa, Dani e Becha. Depois, entraram Lorena, Simone, Gabriela e Luiza.

No próximo sábado, dia 24, em Uruguaiana, o MGA Games precisa da vitória no tempo normal e na prorrogação para ser bicampeão gaúcho. A Celemaster joga pelo empate em casa.

 

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.