Luto no futsal

Morre Rudy Vieira, um dos maiores dirigentes e com mais títulos da história da ACBF

Ex-supervisor do clube de Carlos Barbosa morreu neste sábado, aos 69 anos, após um infarto fulminante

Por: Pioneiro
17/09/2016 - 23h01min | Atualizada em 18/09/2016 - 18h30min
Morre Rudy Vieira, um dos maiores dirigentes e com mais títulos da história da ACBF ACBF/
Rudy virou uma das maiores lendas da história da ACBF Foto: ACBF

O futsal gaúcho e brasileiro vai dormir mais triste neste sábado. O domingo em Carlos Barbosa não será o mesmo para os apaixonados pela ACBF, o maior clube de futsal do país e um dos gigantes do mundo. Aos 69 anos, o ex-supervisor Rudy Vieira morreu após um infarto fulminante. O velório será no Memorial São José, em Caxias do Sul, a partir das 7h da manhã deste domingo. A cerimônia no crematório está prevista para as 15h.

Conhecido pelo trabalho e pelos diversos títulos com a ACBF, Rudy faria uma cirurgia cardíaca depois de constatar problema no exame de cateterismo. O dirigente ficou por mais de 15 anos na ACBF e conquistou todos os títulos possíveis: de estadual a mundial, passando pelos troféus de Liga Nacional. Também foi um atleta de grande renome e qualidade.

Rudy deixa a mulher Ilma Salomon, dois filhos e uma filha: Carlos, Nataniel e Micaela. Nataniel Vieira, o Xikão, trabalha como operador de áudio da Rádio Gaúcha Serra.

Décadas dedicadas ao futsal

Em Caxias do Sul, Rudy foi atleta do Vasco da Gama e também dirigente do Caxias, no futebol de campo.

No futebol de salão, foi um dos principais dirigentes da multicampeã Enxuta, de Caxias do Sul.

Na seleção brasileira, conquistou rês Copas do Mundo de Futsal da Fifa. 

A história na ACBF iniciou em 1998, quando foi chamado pelo então presidente do clube, Ildo Paludo, para um novo desafio. 

Na época, a ACBF tinha conquistado apenas dois estaduais e a missão dele era ir além. E ele foi campeão de tudo: gaúcho, brasileiro, sul-americano e mundial.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.