Paixão Colorada

Zé Victor Castiel: "O importante é domingo"

Por: Zé Victor Castiel
23/09/2016 - 08h11min | Atualizada em 23/09/2016 - 08h11min
Zé Victor Castiel: "O importante é domingo" Ricardo Duarte/Inter, Divulgação/
Foto: Ricardo Duarte/Inter, Divulgação

Em mais uma partida medíocre, o Inter perdeu para o Fortaleza, mas classificou-se para próxima fase da Copa do Brasil. Vimos mais do mesmo. O Colorado não se encontra em campo. Não defende, não ataca e não arma bem.

Mas isso tudo agora é passado. O importante é domingo, quando o Inter joga por sua vida e, principalmente, sua dignidade, no próximo domingo, às 18h30, em Belo Horizonte.

O trabalho de recuperação de autoestima e confiança que a diretoria colorada deve fazer com seus jogadores precisa, necessariamente, começar a surtir seus efeitos contra o Atlético-MG.

Essa partida é de fundamental para a recuperação do Colorado. Reconheço a dificuldade de se iniciar uma virada justo contra um clube que é apontado como um dos candidatos ao título do Brasileirão, mas não podemos fugir disso.

Em que pese os problemas técnicos apresentados pelo time esse ano, muitos dos pontos perdidos neste Brasileirão foram por total açodamento e falta de controle mental.

Se o grupo for orientado para controlar os nervos e ter calma durante as partidas tenho certeza que muitos de nossos problemas serão resolvidos de pronto.

Leia outras colunas da Paixão Colorada

Garra e sangue nos olhos
Claro que uma boa dose de incentivo, garra e sangue nos olhos é importante, mas, me parece fundamental que os jogadores entrem em campo focados e calmos. O Inter joga em busca da sua dignidade. Permanecer na primeira divisão será decorrência do que construir e conquistar daqui por diante.

Caldo de galinha, reza e um pouco de sorte também são bem-vindos.

*Diário Gaúcho

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.