Coluna do Guerra

Guerrinha: "Ambiente favorável"

Por: Adroaldo Guerra Filho
15/10/2016 - 08h08min | Atualizada em 15/10/2016 - 08h08min
Guerrinha: "Ambiente favorável" Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação

Neste domingo, outra vez no Beira-Rio, certamente abarrotado, o Inter recebe o Flamengo, um dos favoritos ao título.

Jogo dos mais complicados, assim como a vida do time do Celso Roth, que vai precisar conter o adversário e jogar mais uma vez no limite. Será necessário superação e a indispensável ajuda do ambiente para tentar fechar a tarde com os três pontos e começar a pensar em escapar do pior.

Leia outras colunas do Guerrinha

Dureza
Também neste domingo, no fim da rodada, o Grêmio, metido na briga para chegar na Libertadores do próximo ano, tem uma encrenca pela frente: o Santos, na sempre temível Vila Belmiro.

É mais uma oportunidade para o time o Tricolor mostrar que reaprendeu a lidar com os jogos fora de casa e, talvez, ingressar na turma que vai disputar a importante competição do próximo ano.

Piada do Guerra
Fim de expediente, hora de voltar para casa. O Carlão chamou o serviço de um Uber. Minutos depois, após uma viagem tranquila, duas quadras antes de chegar ao destino, o passageiro, que ocupava o banco de trás do veículo, colocou a mão no ombro do motorista. A intenção era avisá-lo de que deveria virar à direita.

Neste exato instante, o condutor soltou um berro absurdo, perdeu o controle da direção e, por muito pouco, não bateu no muro de uma escola. Assustado, o Carlão reagiu na hora:

— O que foi isso, amigo?

— Desculpa, moço! Levei o maior susto da minha vida! Estou desempregado e iniciei hoje na Uber! Até ontem eu dirigia carro de funerária!

*Diário Gaúcho

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.