Sem força máxima

Rivais de Grêmio e Inter podem poupar titulares na Copa do Brasil 

Técnicos Cuca e Dorival Júnior não devem utilizar força máxima na quarta-feira

Por: Rádio Gaúcha
17/10/2016 - 16h56min | Atualizada em 17/10/2016 - 16h57min
Rivais de Grêmio e Inter podem poupar titulares na Copa do Brasil  Colagem Rádio Gaúcha/Divulgação / Palmeiras / Santos
Técnicos Cuca e Dorival Júnior não devem utilizar força máxima na quarta-feira Foto: Colagem Rádio Gaúcha / Divulgação / Palmeiras / Santos

A sorte pode sorrir para a dupla Gre-Nal nos jogos importantes da próxima quarta-feira (19) pela Copa do Brasil. Decidir vaga às semifinais do torneio contra Palmeiras e Santos é naturalmente difícil, mas o que pode ajudar Grêmio e Inter é a escolha dos treinadores rivais em priorizar o Brasileirão.

Os técnicos Cuca, do Palmeiras, e Dorival Júnior, do Santos, ainda não anunciaram as escalações que utilizarão, mas há forte possibilidade de os jogadores titulares serem poupados para enfrentar a dupla Gre-Nal na quarta-feira.

Adversário gremista, o Palmeiras é líder do Brasileirão e abriu quatro pontos de vantagem sobre o Flamengo, segundo colocado. Atual campeão da Copa do Brasil e com vaga na Libertadores 2017 praticamente garantida, o Verdão coloca todas as forças no Campeonato Brasileiro.

Além disso, o técnico Cuca acredita que a força do elenco palmeirense possa derrotar o Grêmio diante de um lotado Allianz Parque:

— Vou pensar, vou pensar bem o que a gente tem com a fisiologia, com a preparação física. Se eu coloco o time titular quarta eu vou ter eles inteiros para domingo? Eu não consigo te responder agora. Mas se eu puser o time que não vem jogando, ou parte deles, tenho confiança de passar adiante, mesmo sabendo que o Grêmio é uma grande equipe — afirmou, em entrevista coletiva após a vitória contra o Figueirense no último domingo (16).

Leia mais:
Definidos árbitros de jogos decisivos das quartas da Copa do Brasil
Grohe continua fora, e Bruno Grassi será titular contra o Palmeiras

A preservação de titulares não passará, no entanto, por Gabriel Jesus, atacante titular da Seleção. O jovem recebeu terceiro cartão amarelo na tarde de ontem, e estará suspenso para o confronto do próximo domingo (23) contra o Sport.

Rival colorado, o Santos também deve poupar jogadores. No ano passado, Dorival Júnior tirou a força máxima do Campeonato Brasileiro e mirou o foco na Copa do Brasil. A equipe santista foi vice-campeã do torneio e não se classificou à Libertadores via Brasileirão. Vacinado, o técnico santista quer garantir a classificação à competição continental neste ano.

— Não sei o que pensar ainda (sobre o Inter). Na minha cabeça, acertamos ano passado, mas aconteceu o que aconteceu. Estávamos em uma final. Erramos porque perdemos. E agora, o que pensar? Temos que pensar muito, analisar bastante e ver o que faremos. Sinceramente, ainda não sei — disse Dorival no último domingo (16). — Escalaremos o que tivermos de melhor, quem tiver plenas condições — completou.

Grêmio e Palmeiras jogarão a partir das 21h45 em São Paulo. No primeiro confronto, o Tricolor derrotou o Verdão por 2 a 1 na Arena. No Beira-Rio, Inter e Santos se enfrentam a partir das 19h30. Os paulistas venceram o primeiro jogo por 2 a 1 na Vila Belmiro.

Atlético-MG com força máxima diante do Juventude

Se por um lado, Grêmio e Inter podem enfrentar equipes com titulares preservados, o Juventude terá pela frente um Atlético-MG com força máxima no Alfredo Jaconi. Na terceira colocação, mas distante do título do Campeonato Brasileiro, o Galo vê na Copa do Brasil a chance de encerrar a temporada com um título importante.

Além disso, a equipe mineira está apenas um ponto à frente do Santos, e vê a classificação à fase de grupos da Libertadores ameaçada. O título da Copa do Brasil garantiria a vaga direta à competição continental.

Neste domingo (16), o Atlético foi derrotado pelo Botafogo por 3 a 2 no Rio de Janeiro. Após a partida, o atacante Fred confirmou que a equipe segue focada nas duas competições:

— As duas competições são importantes, e temos elenco para brigar pelo título das duas. Não vamos abrir mão de nenhuma. São muitos jogos pela frente e, enquanto houver esperança, vamos honrar a camisa do Galo e lutar até o final. Temos confrontos diretos com as equipes que estão acima e são jogos que vamos fazer de tudo para tentar vencer. Futebol tudo pode acontecer.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.