Na areia

Primeira etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia de 2017 começa nesta terça-feira

Competição terá a presença de 10 duplas brasileiras 

Por: ZH Esportes
06/02/2017 - 16h53min | Atualizada em 06/02/2017 - 16h53min
Primeira etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia de 2017 começa nesta terça-feira Divulgação/FIVB
Foto: Divulgação / FIVB  

A temporada 2017 do Circuito Mundial de Voleibol de Praia arranca mais cedo e a primeira etapa do calendário será em Fort Lauderdale, na costa leste dos Estados Unidos. A competição contará com dez duplas brasileiras (cinco em cada gênero). O torneio começa nesta terça-feira (07.02), com a fase de qualificação, e termina no próximo domingo (12.02). O evento inaugural é da categoria cinco estrelas e dará o equivalente a 1,8 milhões de reais em premiação.

Leia mais:
Inter é denunciado e pode perder 10 mandos de campo por briga de torcedores em Veranópolis
Barça e Atlético de Madrid decidem vaga na decisão da Copa do Rei 
Palmeiras e Crefisa chegam a acordo de patrocínio que beira os R$ 200 milhões

A nova organização das competições do Circuito Mundial pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica as etapas em categorias de uma a cinco estrelas, caso do Major Series de Fort Lauderdale, que valerá 1200 pontos para a dupla campeã.

Nesta terça, no torneio de qualificação, o Brasil conta com duas duplas femininas (Fernanda Berti/Bárbara Seixas e Josi/Lili) e uma parceria masculina (Álvaro Filho/Saymon), que disputarão um lugar na chave principal. Os demais times brasileiros já estão garantidos na fase de grupos. Entre os homens estão Ricardo/Harley, Pedro Solberg/Guto, Evandro/André, e os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt. No feminino estão garantidas Larissa/Talita, Elize Maia/Taiana e Ágatha/Duda.

Acostumado a jogar no Circuito Mundial, o baiano Ricardo, se estabeleceu em Orlando (EUA) recentemente, a cidade conhecida pelo turismo fica a 350 quilômetros da sede do primeiro torneio de 2017. Para o experiente atleta esta será a primeira vez jogando em Fort Lauderdale. Mas o jogador contará com Harley, velho conhecido e ex-companheiro de treinos no Brasil, para a disputa nos EUA.

– Nunca joguei em Fort Lauderdale, e agora estou morando aqui, então fico feliz em ter esta chance. Não sou um garoto e não sei mais quantas temporadas vou atuar, era um desejo atuar neste evento, pela importância e estrutura. Harley e ei treinamos juntos em João Pessoa, atuamos em alguns torneios e é um grande atleta, apaixonado pelo esporte. Será ótimo ter ele ao meu lado – disse Ricardo.

Medalhista de prata na Rio 2016, a paranaense Ágatha fará a estreia internacional da nova parceria com a jovem sergipana Duda. As duas jogaram o primeiro torneio juntas há menos de duas semanas no Circuito Brasileiro em João Pessoa (PB) e já chegaram no lugar mais alto do pódio. O começo promissor deixou a atleta, que também é campeã mundial, bastante animada.

– Nossa parceria começou de uma forma muito especial, mas sabemos que temos muitas coisas para ajustar e melhorar. Poder representar o Brasil no Circuito Mundial é um orgulho. Os melhores times estão lá e será importante para o crescimento e amadurecimento da nossa equipe. Duda e eu estamos muito focadas e felizes – contou Ágatha.

O torneio de qualificação do Major Series de Fort Lauderdale terá, em cada gênero, 24 duplas, e classificará oito times para completar os 32 da chave principal. A temporada 2017 é a trigésima primeira nas competições masculinas e vigésima quinta feminina. Fort Lauderdale recebe uma etapa do Circuito Mundial pela segunda vez. Em 2015 a cidade foi sede do World Tour Finals quando Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita subiram no lugar mais alto do pódio.

*ZHESPORTES

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.