Futebol internacional

Atlético de Madrid segura o Bayer Leverkusen e passa às quartas de final da Liga dos Campeões

Equipes ficaram no 0 a 0 no Vicente Calderón

Por: Lancepress
15/03/2017 - 18h43min | Atualizada em 15/03/2017 - 18h43min
Atlético de Madrid segura o Bayer Leverkusen e passa às quartas de final da Liga dos Campeões GERARD JULIEN/AFP
Foto: GERARD JULIEN / AFP  

O Bayer Leverkusen tinha uma difícil missão para tentar passar das oitavas de final. Após perder por 4 a 2 para o Atlético de Madrid dentro de casa, a equipe não conseguiu sair do 0 a 0 no Vicente Calderón e acabou desclassificada da Liga dos Campeões. 

Agora, os Colchoneros passam para as quartas de final, assim como Real Madrid, Barcelona, Juventus, Leicester, Borussia Dortmund, Bayern de Munique e Monaco. O sorteio dos próximos confrontos acontece na sexta-feira, dia 17, e pode colocar os rivais espanhóis frente a frente.

Leia mais:
Holandês do Sporting entra na briga com Messi pela Chuteira de Ouro
Messi pede R$ 117 milhões por ano para renovar com o Barcelona
Mourinho defende Pogba das críticas e ataca ex-jogadores

Precisando buscar um bom resultado, o Bayer começou a partida arriscando mais e indo para cima dos adversários. Fazendo uma boa e inteligente partida, os alemães, porém, demonstraram receio em se expor mais para não sofrer gols.

Do lado espanhol, o Atlético conseguiu criar algumas boas oportunidades, apesar do Leverkusen ter uma maior posse de bola. No entanto, o técnico Diego Simeone não se mostrou totalmente satisfeito com o desempenho de sua equipe.

O segundo tempo começou mais equilibrado e as duas equipes conseguiram ter boas chances para tentar abrir o placar. O time de Madri além de voltar mais ligado, também conseguiu evitar que seu adversário tivesse oportunidades de maior perigo.

Aos 23 minutos, o Bayer Leverkusen perdeu três chances incríveis no mesmo lance. Brandt roubou a bola na frente, saiu cara a cara com Oblak e chutou na cara do goleiro. Na sobra, Volland ficou com a bola e chutou no goleiro novamente. A bola voltou para os pés de Chicharito na esquerda. O mexicano chutou e desperdiçou mais uma oportunidade.

Nos minutos finais, o time alemão pressionou muito, usando suas últimas forças para tentar fazer os gols que precisava. Oblak, melhor nome do Atleti na partida, voltou a fazer a diferença para sua equipe.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.