Para julho

UFC aponta revanche entre Cormier e Jon Jones, mas deixa Jimi Manuwa em alerta

Se Jones não puder lutar até julho, inglês será o desafiante

Por: ZH Esportes
18/04/2017 - 09h51min | Atualizada em 18/04/2017 - 09h51min
UFC aponta revanche entre Cormier e Jon Jones, mas deixa Jimi Manuwa em alerta Steve Marcus/GETTY IMAGES NORTH AMERICA
Jones venceu Cormier no primeiro encontro, em janeiro de 2015 Foto: Steve Marcus / GETTY IMAGES NORTH AMERICA  

A próxima defesa de cinturão dos meio-pesados de Daniel Cormier será no UFC 214, no dia 29 de julho, na Califórnia. A ideia inicial do Ultimate é programar para a data a revanche do atual detentor do cinturão com o ex-campeão Jon Jones, que já estará liberado da suspensão.

No entanto, o UFC já tem um lutador em stand-by. Se Jon Jones não puder lutar, o inglês Jimi Manuwa será o desafiante ao título de Cormier. Neste caso, a disputa poderia até mesmo ser antecipada para o início de julho.

Leia mais:

Após ser nocauteado, Jacaré recebe suspensão médica de um mês
GSP ironiza vantagem de tamanho de Bisping: "O barulho será maior"
Cormier projeta revanche com Jon Jones em sua próxima luta no UFC

— Daniel Cormier está disposto a lutar no UFC 213, dia 8 de julho, mas esse período não é bom para Jon Jones. Cormier já me disse que poderá enfrentar Jon Jones ou Jimi Manuwa. Se Jones estiver pronto para lutar no dia 29 de julho, no UFC 214, em Anaheim, finalmente veremos a sua revanche contra Daniel Cormier. Caso Jon Jones precise fazer uma luta antes de disputar o cinturão, estamos prontos para colocar Daniel Cormier e Jimi Manuwa frente a frente no UFC 213, dia 8 de julho — disse Dana White, presidente do UFC, em entrevista à ESPN.

Jon Jones, de 29 anos, tem 22 vitórias e uma derrota (por desqualificação por golpes ilegais contra Matt Hamill). Ele foi campeão de março de 2011 a abril de 2015, quando foi destituído do título por ter se envolvido e fugido do local em um acidente de trânsito. No período, o americano quebrou o recorde de defesas de cinturão na categoria, com oito vitórias — a última delas, em janeiro de 2015, exatamente sobre Daniel Cormier.

Ele retornou ao octógono em abril do ano passado, quando venceu Ovince St. Preux e conquistou o cinturão interino. No entanto, foi novamente destituído do título ao ser pego em um exame antidoping. Ele está liberado da suspensão em julho.

Já Cormier tem 19 vitórias e uma derrota no MMA — exatamente para Jones. Com a ausência do ex-campeão, DC passou a dominar a categoria. Desde a derrota, ele venceu Anthony Johnson para conquistar o título vago, defendeu o cinturão contra Alexander Gustafsson, derrotou Anderson Silva em uma luta que não valeu o título e, no último dia 8, venceu a revanche diante de Johnson.

Jimi Manuwa, de 37 anos, está no UFC desde 2012. Apesar de ter perdido as duas lutas mais expressivas da carreira, mas Gustafsson e Johnson, ele vem de vitórias sobre Ovince St. Preux e Corey Anderson. Com isso, assumiu a terceira posição no ranking da categoria.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.