Etapa do Rio

Filipinho é suspenso por tentativa de invasão de área de juízes

Surfista brasileira perderá a próxima etapa do Mundial, em Fiji, em junho

Por: Lancepress
15/05/2017 - 21h16min | Atualizada em 15/05/2017 - 21h17min
Filipinho é suspenso por tentativa de invasão de área de juízes WSL/Divulgação
Surfista ficou inconformado com marcação de interferência em bateria contra americano, no último sábado Foto: WSL / Divulgação  

Filipe Toledo está fora da quinta etapa do Circuito Mundial, em Fiji, que começa em 4 de junho. Por indisciplina, o surfista foi suspenso temporariamente pela Liga Mundial de Surfe (WSL) nesta segunda-feira.

Após ser eliminado, no último sábado, na 10ª bateria da terceira fase (vencida pelo americano Kanoa Igarashi) do Rio Pro, o brasileiro não concordou com a marcação de interferência de remada e foi tirar satisfação com os juízes. Filipinho tentou invadir uma área não permitida aos surfistas e precisou ser contido por seguranças.

Leia mais:
Thiago Monteiro perde na primeira rodada do Masters 1000 de Roma
Massa avisa Stroll sobre dificuldades de Mônaco
Tom Brady diz que não é o maior jogador de todos os tempos na NFL

Em seu site, a WSL divulgou a seguinte mensagem:

"Infelizmente para Toledo, as punições para este tipo de violação são claras e os oficiais tem pouco o que fazer. Toledo foi multado e suspenso, e será proibido de competir em Fiji. Embora ambos os lados estejam obviamente desapontados por estes acontecimentos, a WSL está agradecida por Toleto ter se desculpado com os fãs, patrocinadores e a WSL."

"Sou um cara passional e surfar é a minha vida. Depois de uma interferência no calor do round três, em Saquarema, eu fiquei chateado. Eu perdi a cabeça e estou muito envergonhado pelo meu comportamento. Quero me desculpar com os fãs, meus patrocinadores, a mídia e a WSL. E assumir a plena responsabilidade por minhas ações e aceitar a minha suspensão. Estou decepcionado ao perder o próximo evento, mas ansioso para voltar mais forte para Jeffreys Bay (de 12 a 23 de julho). Boa sorte a todos em Fiji e obrigado a todos pelo apoio — afirmou Filipe Toledo em comunicado a WSL.

O comissário da entidade, Renato Hickel, também se pronunciou sobre o caso:

— Filipe é uma boa pessoa e um surfista incrível. A WSL muito sortuda em ter alguém como ele no Tour. É decepcionante quanto temos que recorrer a ações disciplinares a qualquer um dos novos surfistas, mas este tipo de atitude não é aceita no esporte. Filipe sabe disso e que torcemos para ver seu talento de volta ao Tour em breve.

Atualmente, Toledo ocupa a sexta colocação do ranking mundial.

No ano passado, o pai e técnico de Gabriel Medina, Charles Saldanha, discutiu com a arbitragem em Peniche (Portugal) e foi suspenso pela WLS. O treinador não pôde ficar no palanque de competição durante a perna australiana da temporada 2017.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.