Coluna do Pedro

Pedro Ernesto: "Explicações de Guto passam longe dos acontecimentos"

Técnico do Inter não convence quando fala sobre as atuações do time

Por: Pedro Ernesto Denardin
19/06/2017 - 07h01min | Atualizada em 19/06/2017 - 12h38min
Pedro Ernesto: "Explicações de Guto passam longe dos acontecimentos" Leonardo Acosta/Agência RBS/
Foto: Leonardo Acosta/Agência RBS  

Ouvir o treinador Guto Ferreira depois do jogo é ouvir explicações que passam longe dos acontecimentos. Ele lamenta o número de jogos, como se os adversários não enfrentassem a mesma dificuldade. Esquece de dizer que se hospeda em hotéis luxuosos, que viaja em voo fretado, enquanto outros clubes fazem conexões muitas vezes com grande demora.

Os adversários cansam mais que o Internacional. E o técnico retira jogadores de campo sob pretexto de competitividade. O goleador Nico López sai e Marcelo Cirino, que nada contribui, é deixado em campo em nome de ser competitivo. No que, pergunto eu. Ainda bem que, pelo menos, ele acertou o meio-campo. Colocou três jogadores que marcam, auxiliados por Sasha, que sabe proteger na recomposição.

SEM LEVAR GOL

Mesmo jogando com zagueiros que são reservas dos reservas, o Inter não tomou gol e não deu chances aos pernambucanos. É um primeiro acerto, depois de erros assombrosos. Agora, é arrumar o ataque. Não retirar os jogadores que fazem gols e deixar no banco os que não fazem será meio caminho andado. Guto precisa acertar mais e explicar menos.

OUTRO SHOW

Jogo duríssimo para o Grêmio esta noite. Terá que dar outro show para ganhar do Cruzeiro. Acho que Maicon fica no banco e Renato coloca Everton em seu lugar. Foi com Everton, e depois com Fernandinho, que o Grêmio teve seus melhores momentos contra o Fluminense no Maracanã.

Leia outras colunas do Pedro Ernesto


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.