4h47min de jogo

Em jogo emocionante, Nadal é derrotado no quinto set por 15/13 e está eliminado de Wimbledon

Luxemburguês Gilles Muller enfrentará o croata Marin Cilic nas quartas de final da competição

Por: Lancepress
10/07/2017 - 17h22min | Atualizada em 10/07/2017 - 17h22min
Em jogo emocionante, Nadal é derrotado no quinto set por 15/13 e está eliminado de Wimbledon Glyn KIRK/AFP
Foto: Glyn KIRK / AFP  

O melhor jogo da temporada e um dos maiores duelos de Wimbledon. O luxemburguês Gilles Muller, 26º do mundo, derrubou o decacampeão de Roland Garros, Rafael Nadal em batalha de 4h47min com 15/13 no quinto set nas oitavas de final no All England Club.

Leia mais:
Treino do Inter define time para enfrentar o Ceará 
James Rodríguez e Real Madrid numa disputa velada e sem vencedores
São Paulo afasta Pintado e demite preparadores físico e de goleiros

Muller, de 34 anos, superou o vice-líder do ranking por 3 sets a 2 com parciais de 6/3 6/4 3/6 4/6 15/13 em duelo na quadra 1.

Foi a segunda vitória de Muller em seis jogos contra Nadal e curiosamente a segunda na grama sagrada londrina repetindo seu feito de 2005. Para Rafa a frustração de mais um ano sem passar das oitavas no torneio, algo que não consegue desde 2011 em sua última final. 

Muller vai encarar o croata Marin Cilic, sexto colocado, que atropelou por um triplo 6/2 o espanhol Roberto Bautista Agut e Rafa perde a chance de assumir o número 1 que ficará entre Andy Murray e Novak Djokovic.

O jogo

A partida começou com Muller sendo mais eficiente nas oportunidades nos dois primeiros sets indo pra cima e quebrando para fazer 6/3 6/4. Nadal teve break-points, mas o canhoto veterano sempre fechava a porta. 

A partir do terceiro set Nadal converteu uma chance e começou a sacar melhor fechando por 6/3 e 6/4 e dando pinta que conseguiria a espetacular virada.

No quinto set Muller elevou o nível novamente em seu serviço e pontos na rede e foi levando até ter seus primeiros dois match-poins no 5/4. Nadal usou bem o saque e frieza para confirmar e o jogo foi seguindo com Nadal perdendo cinco breaks, quatro dessas chances no 9 a 9 mostrando certa ansiedade para definir os pontos. Em um desses pontos Muller tinha feito dupla-falta de acordo com o juiz de linha, mas árbitro de cadeira corrigiu, Nadal desafiou e a bola havia sido boa no segundo saque. Na volta do primeiro serviço Muller cravou um ace e confirmou a seguir. 

Muito sangue frio dos dois lirando 0/30 daqui, 15/30 de lá e o dia escurecendo em Londres. Nadal até reclamou pediu para que se colocasse uma proteção no fundo da arquibancada diante do reflexo do pôr do sol atrapalhando sua visão para o serviço. No 14 a 13 muller botou pressão novamente, abriu novo 15/40 com mais dois match-points e na troca de fundo Rafa errou forehand e foi ao outro lado cumprimentar o frio Muller que enfim sorriu e celebrou o épico triunfo.

Recordes para Nadal

Apesar da derrota, a partida marcou dois recordes na carreira do espanhol que sacou mais aces do que nunca com 23 e jogou ais games do que nunca no quinto set, 28 superando as duas oportunidades com 9/7 em Wimbledon 2008 na final em que bateu Roger Federer e na final do Australian Open em 2011 contra Novak Djokovic com derrota.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.