Opinião

Leonardo Oliveira: a chegada de Camilo ao Inter significa usar D'Ale  jogos pontuais  

Direção percebeu o desgaste do seu capitão nesta caminha da Série B

Por: Leonardo Oliveira
21/07/2017 - 08h06min | Atualizada em 21/07/2017 - 08h07min
Leonardo Oliveira: a chegada de Camilo ao Inter significa usar D'Ale  jogos pontuais   André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS  

A informação vem de alguém muito próximo do vestiário do Inter. A chegada de Camilo significa um cuidado especial e menos jogos para D'Alessandro no returno. É consenso no Beira-Rio que o capitão, aos 36 anos, sentiu como se esperava as longas viagens e o ritmo intenso do calendário. E isso ficou evidente no quanto não conseguiu desequilibrar para o Inter nos momentos mais encrespados da Série B.

A partir da liberação de Camilo para jogar, a ideia é usá-lo sempre. E deixar D'Ale para jogos em Porto Alegre e aqueles em que não se precise atravessar o Brasil. O Inter quer extrair o melhor do argentino e sabe que isso não virá se ele for exposto à mesma intensidade dos demais.

Camilo será o meia do time. Mas quando D'Alessandro estiver disponível, Guto Ferreira terá de encontrar uma forma de encaixar os dois no time. O mesmo vale para Damião. Havia o pedido do técnico por um centroavante. No Bahia, ele subiu com os gols de Hernane Brocador. O camisa 9 chegou. Agora é com Guto encaixá-lo no time.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.