Tênis

Melo vai à final em Wimbledon após batalha e voltará ao número 1 do mundo

Vitória por 9/7 no quinto set coloca brasileiro na final do torneio pela 2ª vez 

Por: Lancepress
13/07/2017 - 15h01min | Atualizada em 13/07/2017 - 15h01min
Melo vai à final em Wimbledon após batalha e voltará ao número 1 do mundo Peter Staples/ATP World Tour,Divulgação
Foto: Peter Staples / ATP World Tour,Divulgação  

Uma batalha por vaga na final de Wimbledon e valendo o número 1 do mundo tinha que ter drama e disputa acirrada. Depois de quatro anos o brasileiro Marcelo Melo garantiu retorno à decisão do Aberto da Inglaterra ao vencer uma batalha de 3h32min ao lado do polonês Lukasz Kubot.

Os dois bateram o atual líder do ranking, o finlandês Henri Kontinen e o vice-líder John Peers por 3 sets a 2 com parciais de 6/3 6/7 (7/4) 6/2 4/6 9/7 na quadra 1 do All England Club, a segunda maior quadra do torneio mais tradicional do esporte.

Leia mais:
Marcelo Melo e polonês estão nas semifinais de duplas em Wimbledon
Marcelo Melo aumenta vantagem no topo do ranking do ano 

Vice-campeão em 2013 ao lado de Ivan Dodig, Melo vai jogar pelo segundo título de Grand Slam e seu torneio mais sonhado contra a dupla vencedora do jogo entre os croatas Nikola Mektic e Franco Skugor e a parceria do croata Mate Pavic e do austríaco Olivier Marach. A final será no sábado após a decisão feminina marcada para às 10h.

O mineiro decide um Major pela primeira vez junto com seu parceiro que tornou fixo este ano. Antes havia sido campeão de Roland Garros com Dodig em 2015 e jogará sua terceira final de Major.

Ao lado do polonês tentará o quinto título do ano e o 27º de sua carreira. Os dois somam agora 13 vitórias seguidas imbatíveis ainda na grama com triunfos em Hertogenbosch, na Holanda, e Halle, na Alemanha.

De volta ao topo do ranking - Com o triunfo, Melo garante a soma mínima de 1200 pontos. Como defende 180 vai para 8420 e Kontinen, que descartava 860 e somará 720, ficará com 7660. Caso conquiste o troféu, Melo terminará com 9220.

A primeira vez que Melo liderou o ranking foi no dia 2 de novembro de 2015 de onde saiu em 4 de abril de 2016 e retornou pela segunda vez em 9 de maio. Não conseguiu defender seu título de Roland Garros ano passado e caiu para o oitavo lugar retomando a ponta na próxima lista que será divulgada na segunda-feira. 

O jogo 

A partida começou tranquila pra Melo e Kubot pressionando na devolução diante do frio Kontinen. Rapidamente fizeram 6/3. Mais ligados os rivais conseguiram quebra no começo do segundo set, mas Melo/Kubot igualaram no fim, lelvaram ao tie-break e abriram 4 a 2. Mas Kontinen tirou grandes devoluções e uma na linha com desafio correto para fechar por 7/6 (7/4).

Na terceira etapa Melo e Kubot seguraram o saque no comecinho e conseguiram quebra para fazer 4/1 e fecharam com ótimas respostas por 6/2 contando com a colaboração de erros de Peers.

No quarto set Melo teve um voleio na mão para um 15/40, mas jogou fora, os rivais confirmaram e vieram babando para quebrar e fazer 5/3. Sem dar chances nos saques concluíram por 6/4.

No quinto e decisivo set saque daqui e dali, duplas firmes também nos voleios, drama no final até o bom game de devolução de Melo e Kubot no 8 a 7 definindo com bela troca no fundo até Marcelo definir com toque na rede e ajoelhar na grama sagrada vibrando com o feito.

* LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.