$$$$$

Advogados de Neymar ameaçam ir à Fifa para receber R$ 96 milhões do Barcelona

Atacante não recebeu bônus do clube espanhol por ter renovado contrato em 2016

Por: Lancepress
11/08/2017 - 18h12min | Atualizada em 11/08/2017 - 20h10min
Advogados de Neymar ameaçam ir à Fifa para receber R$ 96 milhões do Barcelona Lionel Bonaventure/AFP
Foto: Lionel Bonaventure / AFP  

O estafe de Neymar não descartou acionar a Fifa para receber 26 milhões de euros (cerca de R$ 96 milhões) do Barcelona. O valor é o bônus pela renovação de contrato com o clube em 2016. Após a transferência para o PSG, entretanto, o Barça colocou dificuldades para realizar o pagamento.

Leia mais
Técnico do PSG fala sobre estreia de Neymar: "Está pronto"
Neymar poderá estrear no domingo pelo PSG
"Estão me pedindo para machucar o Neymar", diz zagueiro do Guingamp

O advogado Marcos Motta, especialista em direito desportivo e que representa o jogador no caso, disse que a relação com o Barcelona é boa e crê no pagamento do bônus. Por outro lado, não descartou acionar a Fifa.

– O bônus existe. A relação com o Barcelona é muito boa, não há nenhum tipo de rusga com o clube, as reuniões foram extremamente amistosas. O pagamento da multa (feita pelo PSF) foi um cumprimento de contrato, e esperamos que seja cumprido o que foi pactuado anteriormente. Neste momento não há nenhum intuito de ação, mas a possibilidade existe, os tribunais estão aí para absorverem esse tipo de demanda. Mas neste momento não estamos considerando isso, até pela boa relação com Barcelona – disse Marcos Motta.

Após admitir pagar R$ 8 milhões de multa à Receita por conta de irregularidades apontadas no pagamento de direitos de imagem, o estafe do atacante disse o contrato com o PSG não há bônus. De acordo com o advogado Gustavo Xisto, "é 100% salário".

– O contrato com o PSG é muito simples, não trata de imagem, só regula a relação entre patrão e empregado. É um contrato padronizado do PSG, que segue as regras da França. Não permite pagamento de imagem, é 100% salário. Por coincidência ou sorte, fomos para um local que não tem essas possibilidades de pagamento. Por não ter isso, é um contrato muito simples – afirmou Gustavo Xisto.

O PSG contratou Neymar após pagar a multa rescisória de 222 milhões de euros (cerca de R$ 812 milhões) ao Barcelona. O vínculo do atacante com o clube francês vai até 30 de junho de 2022.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.