Polêmica

Justiça bloqueia R$ 9,8 milhões do Comitê Rio 2016 por dívida com fornecedora

A restrição aconteceu após denúncia de gráfica ucraniana contratada para os Jogos Olímpicos

Por: Lancepress
22/09/2016 - 14h50min | Atualizada em 22/09/2016 - 14h50min
Justiça bloqueia R$ 9,8 milhões do Comitê Rio 2016 por dívida com fornecedora Francisco Medeiros / Ministério do Esporte/Ministério do Esporte
Foto: Francisco Medeiros / Ministério do Esporte / Ministério do Esporte

A Justiça do Rio de Janeiro bloqueou R$ 9,8 milhões da conta bancária do Comitê Olímpico da Rio 2016. Segundo o portal Uol Esportes, a restrição aconteceu após uma denúncia feita pela Euromedia, gráfica ucraniana contratada pelos organizadores dos Jogos Olímpicos.

Além de afirmar não receber o pagamento, a empresa que forneceu faixas e banners para decoração dos locais do evento esportivo, também alega que teve seu contrato rescindido unilateralmente pelo Comitê.

Leia mais:
Justiça bloqueia bens de empresa responsável por transmissão da Olimpíada
Roma retira candidatura para sediar Jogos Olímpicos de 2024
Após cerimônias dos Jogos Rio 2016, Maracanã ganha buraco enorme no meio do campo


Sentindo-se lesada, a Euromedia processou o Comitê Rio 2016. A ação foi aberta em 29 de agosto, e a juíza da 18ª Vara Civel do Rio, Mabel Christina Castrioto Meira de Vasconcellos, definiu o bloqueio.

A restrição dos recursos do Comitê, no entanto, é provisório. O dinheiro ficará retido pela Justiça até que o processo contra o Comitê seja encerrado. Então, o valor será destinado para quitar a dívida com a empresa. Caso seja comprovado que o órgão não tenha nenhum déficit com a sua fornecedora, o dinheiro será devolvido ao Comitê Organizador.

Sem entrar em detalhes, o Comitê Rio 2016 afirmou que não deve nada a Euromedia.

*LANCEPRESS


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.