NBA

Los Angeles Lakers perde pela maior diferença de pontos da sua história

Equipe foi superada por 49 pontos de diferença pelo Dallas Mavericks

Por: ZH Esportes
23/01/2017 - 22h03min | Atualizada em 23/01/2017 - 22h06min
Los Angeles Lakers perde pela maior diferença de pontos da sua história Glenn James / Getty Images/AFP/Getty Images/AFP
Foto: Glenn James / Getty Images/AFP / Getty Images/AFP  

O Los Angeles Lakers perdeu para o Dallas Mavericks por 49 pontos de diferença, a derrota pela maior margem de pontos da história da franquia californiana. Dentro do American Airlines Center, os Mavs venceram por 122 a 73 e chegaram à 15ª vitória na competição, enquanto o Lakers sofreu a 32ª derrota da temporada. O cestinha da partida foi o ala Justin Anderson, com 19 pontos.

Dos 12 jogadores que entraram em quadra pelo Dallas, sete marcaram 10 ou mais pontos. Pelo Lakers, apenas Lou Williams (15) e Jordan Clarkson (10) pontuaram em dois dígitos.

Leia mais:
Deron Williams entra na lista dos 20 jogadores com mais assistências na história da NBA

As piores derrotas do Lakers haviam sido por 48 pontos de diferença, em duas partidas diferentes. A primeira aconteceu em março de 2014, quando o Los Angeles Clippers, principal rival, venceu por 142 a 94. Dois anos depois, o Utah Jazz ganhou por 123 a 75.

Exatos 11 anos antes da pior derrota do Lakers, no dia 22 de janeiro de 2006, Kobe Bryant marcava 81 pontos contra o Toronto Raptors, a segunda maior pontuação individual da história da NBA. Sozinho, o Black Mamba marcou oito pontos a mais do que toda a rotação do Lakers no duelo do último final de semana. Em 2006, Kobe acertou 28 dos seus 46 arremessos. Ontem, o Lakers, em 73 tentativas, acertou os mesmos 28.

Resultados de domingo:

Golden State Warriors 118 x 98 Orlando Magic
Los Angeles Lakers 73 x 122 Dallas Mavericks
Phoenix Suns 115 x 103 Toronto Raptors
Denver Nuggets 108 x 111 Minnesota Timberwolves

*ZHESPORTES

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.