Resultados

Daniel Ricciardo lidera manhã de testes no Bahrein para a Red Bull

Piloto da Red Bull teve foco em velocidade na sessão

Por: Lancepress
18/04/2017 - 14h18min | Atualizada em 18/04/2017 - 14h18min
Daniel Ricciardo lidera manhã de testes no Bahrein para a Red Bull ANDREJ ISAKOVIC / AFP/AFP
Foto: ANDREJ ISAKOVIC / AFP / AFP  

Daniel Ricciardo foi o mais rápido durantes os testes da Fórmula-1 no Bahrein nesta terça-feira pela manhã, com a Red Bull tentando extrair mais velocidade de seu carro.

O programa do australiano na sessão antes do almoço foi uma série de stints curtos e, em um destes, ele definiu o tempo de 1:32.349s com os pneus supermacios, batendo a melhor volta de Lewis Hamilton durante o último fim de semana que foi de 1:32.798 segundos.

Leia mais:

McLaren-Honda irá testar novas ideias durante testes do Bahrein
Verstappen pede desculpas a brasileiros e cita Senna, Fittipaldi e Piquet
Sebastian Vettel vence GP do Bahrein

Hamilton enfrentou problemas mais cedo e causou uma bandeira vermelha antes de retornar para seu intenso programa de testes.

Com a Mercedes decidida a usar a sessão da manhã para compreender melhor a gestão dos pneus, o inglês não teve um bom começo quando o seu W08 parou devido a "problemas elétricos" com apenas 15 minutos de treino. Houve ainda mais frustração já que os fiscais demoraram cerca de 25 minutos para levar o carro de volta aos boxes.

Mas o problema foi rapidamente resolvido e Hamilton pode voltar a sua programação. No fim, sua melhor volta de 1:32.822s foi 0.472s mais lenta do que a de Ricciardo.

Nico Hulkenberg passou a manhã realizando testes de aerodinâmica para a Renault e foi o terceiro mais rápido, com a equipe ansiosa para encontrar melhorias em seu carro e favorecer o ritmo em longos stints. O quarto mais rápido foi Lance Stroll, da Williams, que também manteve o foco principal na gestão de pneus. O canadense passou toda a manhã experimentando maneiras de gerenciar melhor os Pirellis.

Romain Grosjean foi o piloto da Haas e testou os novos freios da Carbone Industrie, já que a equipe está se decidindo sobre a mudança dos atuais freios Brembo para os novos da Carbone.

A segunda (e última) bandeira vermelha da primeira manhã foi causada pelo piloto de testes da Toro Rosso, Sean Gelael, com uma suspeita de falha no motor Renault após somente quatro voltas. Uma nova unidade de potência da Renault já foi montada para o indonésio, que voltará aos testes durante a sessão de treinos da tarde.

Novamente, a Honda sofreu com problemas durante os testes desta manhã. O piloto de desenvolvimento da McLaren, Oliver Turvey, completou apenas duas voltas de instalação. A Honda descobriu um vazamento de água no ERS e foi necessário a troca da unidade de potência.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.