Versão mobile

Qual a sua opinião sobre a publicação da foto do vandalismo na Praça Júlio de Castilhos?

Enviar mensagem
  • Ana Zortea 

    Na minha opinião as fotos não devem ser publicadas, o que estes vândalos querem é exibir seus troféus na imprensa. Porto Alegre está à mercê destes vândalos, basta circular pelas ruas à noite, desafio alguém encontrar um policial ou um guarda municipal nas ruas, o que não ocorre nas demais capitais. A População gaúcha precisa cobrar de seus governantes uma atitude urgente.

    Porto Alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 21:00
  • ju rodrigues 

    acho que toda correto publicar sim,pois devemos ser informados destes vandalos que andam por ai destruindo parques e patrimônio pùblico.

    rio pardo - RS - Brasil17/07/2011 | 19:47
  • maria elisa moreira cezar 

    concordo em nao divulgar. tudo o q os marginais querem é publidade. só divulgar qdo. dá errado, como ficar trancado na chaminé, peendurado na grade, etc.só concordo na publicaçao se for para ridicularizar.

    porto alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 18:51
  • Ana Julia Da Silva Pereira 

    Acredito que tenha sim que mostrar. Afinal de contas, se os vandalos fazem isto "só para aparecer", então aproveitem o espaço que o jornal está abrindo para "mostrar a sua opinião". E nós precisamos sim ver para nos indignar e se possível fazer alguma coisa, pois autoridades públicas também leem o jornal...

    Porto Alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 17:50
  • janice euzebio 

    Eu acho que todos deveriam ler mais porque ler é o melhor rémedio

    Quintão - RS - Brasil17/07/2011 | 13:31
  • Hlevio Simmi 

    Ao meu ponto de vista os jornais fazem questão de publicar tragédias,isso não é nada favoravel para nossos filhos que estão descobrindo o mundo,em termos de notícias. Para quem não tem uma visão firme acaba gostando.Creio que há inumeros assuntos a serem publicados que não agridem a população.

    São pedro da Serra - RS - Brasil17/07/2011 | 13:26
  • ANA MARIA SOARES 

    Infelizmente, nem só de procedimentos corretos a humanidade vive e precisamos tomar conhecimento sim, para que estes assuntos sirvam de "pauta" para conversarmos com nossos fihos e assim tentar formar uma sociedade melhor para o próprio futuro deles.

    Pelotas - RS - Brasil17/07/2011 | 11:22
  • Valdeci C de Souza 

    pense comigo: Vamos supor que você seja um pichador e fique sabendo que uma reportagem de televisão (de alcance estadual) vai chegar à sua cidade e mostrar os monumentos pichados por seus concorrentes. O que você faz? Evidentemente que você vai esperar o anonimato da madrugada escura e deixar sua “assinatura” no primeiro monumento que encontrar pelo caminho e depois vangloriar-se de ter aparecido na TV! Estou certo? Pois é justamente isso que fazem estas reportagens sobre as pichações: Incentivam os pichadores a emporcalharem mais ainda as suas belas cidades e seus monumentos. O jornal Zero Hora, de grande circulação no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, também costuma colocar fotos de monumentos pichados em manchetes na capa do jornal. Que depois vai parar no site do jornal e assim vira notícia internacional. Grande vitória dos porcalhões!

    Cachoeirinha - RS - Brasil17/07/2011 | 11:21
  • Albino Perleberg Perleberg 

    Imprensa livre...na minha opinião deve publicar sim, até para que haja mais fiscalização. E os desordeiros, quando pegos, deveriam ser punidos com mais rigor, mas no Brasil, o desordeiro geralmente leva vantagem. Tem o exemplo da Professora que mandou o aluno pintar a parede que havia riscado, e foi criticada por esse ato, não me lembro se não foi processada. E´por isto que ha tanta desordem e desrespeito neste Pais, cujas Leis, sempre pendem mais para o lado do infrator...

    PELOTAS - RS - Brasil17/07/2011 | 10:11
  • Alessandro W 33118644 

    Acho errado, nunca de deve dar ibope para esse tipo de ação, pois é justamente o que o autor busca. Depois essa reportagem + foto acaba virando um troféu na mão destes delinqüentes. Sou sim a favor de reportagens investi ativas que levem ao conhecimento da população e autoridades policiais a identidade deste marginais. Um bom domingo a todos

    Porto Alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 09:56
  • Kátia Pádua 

    Sou a favor da publicação para identificação dos autores de vandalismos; porém para o autor e seu grupo de convívio acredito que pensem no vandalismo como uma "obra de arte" sendo assim a foto publicada passa a ser um reconhecimento.

    ESTEIO - RS - Brasil17/07/2011 | 08:46
  • Sérgio A. Stzyk 

    Há muito tempo deixei de comprar ZH aos domingos pela ênfase que dá às questões policiais. ZH de domingo é um jornal "popular", de matérias "rasteiras", com gosto pela violência, marginalidade, polícia. Não vejo matérias sérias, assuntos de amplitude mundial, artigos de economia, cultura etc. Tudo é muito "paroquial", tudo ao gosto do povão, tudo somente para faturar. Os editores esquecem, porém, que se o jornal se apequenou, estamos migrando para a internet.

    Porto Alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 08:42
  • Salete Noal 

    Deve divulgar sim, enfatizando o quanto essas pessoas são IGNORANTES! Se forem moradores de rua, devem ser avisados que serão punidos! Se forem vandalos, devem pagar pelo estrago e serem punidos. Mas ninguém é responsabilizado, a certeza da impunidade deve acabar! A população deve ajudar, denunciando, é bem provavel que se alguém viu, tenha receio, deve ser preservada, e ligar para 156.

    Porto Alegre - RS - Brasil17/07/2011 | 00:01
  • Maria Aparecida couto ramos 

    Sou a favor da colocação de câmeras, sem sinalização, nas ruas de Porto Alegre para saber quem são estas pessoas que tem causado tantos danos ao patrimônio do município. A impunidade e a falta de medidas adequadas só tem feito aumentar estas atitudes irresponsáveis e covardes, de pessoas que não tem coragem de assumir seus atos.

    porto alegre - RS - Brasil16/07/2011 | 19:21
  • Ana Prola Prola 

    Sou a favor dessa publicação, e a maioria das pessoas deve ter tomado conhecimento desse fato pela ZH.Quem fez isso está contra o progresso, tem espírito anárquico e isso me lembra uma série de fatos que estão acontecendo,políticas erradas implantadas,entre as quais as voltadas à educação e segurança da população brasileira.A propósito, é a grande mídia(lembrando o Estadão/SP, Revista Veja, entre outros) que tem levado ao conhecimento do público, fatos que ficariam escondidos, caso os corajosos editores não tivessem divulgado.A corrupção só não está maior no Brasil, graças às denúncias feitas pela mídia, e mesmo assim, cada dia surgem fatos novos.

    Porto Alegre - RS - Brasil16/07/2011 | 17:27
  • Mariana Queiroz 

    Deve-se, sim, informar sobre tais atos, mas deixar claro na notícia a que classe de gente os autores do ato pertencem: à dos mais ignorantes e recalcados. Imagine a notícia: "Pessoas recalcadas e problemáticas ...."

    Porto Alegre - RS - Brasil16/07/2011 | 16:16
  • odilmar vieira assumpção 

    a impressa jornalista é unico veicúlo livre que o cidadão pode dar as suas openião e ser atendido.

    mogi das cruzes - SP - Brasil16/07/2011 | 15:28
  • jader martins 

    sem duvida quanto mais se da publicidade de fatos maldosos,mais os "PAPAGAIOS DE IMITAÇÃO" aparecem...seja aqui seja no Oiapoque ou no Chui...aqui no Brasil é uma constante.-

    porto alegre - RS - Brasil16/07/2011 | 15:16
  • RONALDO GIACOMETTI GIACOMETTI 

    A FUNÇÃO DE UM JORNAL, É INFORMAR, RELATAR, DOCUMENTAR E EMITIR OPINIÕES. CABE AO ELEITOR, FAZER O JULGAMENTO SE CONCORDA OU NÃO.OS FATOS NOTICIADOS DEVEM SER INFORMADOS SIM, POIS SÓ ASSIM, SABEREMOS EDUCAR NOSSO FILHOS, SOBRE O QUE É CERTO E O QUE É ERRADO.

    Passo Fundo - RS - Brasil16/07/2011 | 15:13
  • Nathália Cairuga 

    Eu acho correto a atitude do jornal de mostrar isso, mas penso que deveriam mostrar também os autores sendo PUNIDOS SEVERAMENTE pelos atos.Porém, para que eles sejam descobertos não cabe apenas ao jornal, mas á sociedade e á policia ajudar a punis estes delinquentes.Só assim sentiríamos satisfeitos.

    Porto Alegre - RS - Brasil16/07/2011 | 14:58
Total de 2 páginas
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.