Versão mobile

Chuva provoca alagamento e queda de muro em Porto Alegre

Duas residências foram invadidas pela água no bairro Restinga

Atualizada em 26/10/2008 | 14h5826/10/2008 | 13h51
Chuva provoca alagamento e queda de muro em Porto Alegre  Eduardo Lima /
Muro caiu sobre seis veículos no bairro Glória. Veja mais fotos Foto: Diário Gaúchogaleria de fotos
A chuva que caía até a manhã deste domingo na Capital provocou alagamento e queda de um muro sobre seis automóveis. No bairro Restinga, moradores da rua Natal Fagundes tiveram dificuldade de sair de casa para votar, já que a água chegava à altura dos joelhos em alguns pontos.

Duas residências foram invadidas pela água, e seus moradores buscaram abrigo na casa de familiares.

— Os candidatos imploram por voto e curiosamente sou ameaçado de não poder ir votar por estar ilhado, devido a um problema não resolvido pelo poder público — disse Antônio Nunes, 54 anos.

No bairro Glória, um muro desabou nos fundos de um condomínio localizado na rua Pedro Boticário, número 720, caindo sobre seis automóveis. Um deslizamento de terra do barranco de um prédio que ficava atrás do condomínio provocou a queda do muro.

Os proprietários dos carros, que foram muito danificados, afirmaram que a Defesa Civil já havia sido alertada sobre as más condições do muro. O agente da defesa civil Márcio Cardoso foi ao local e solicitou à SMAM a vistoria da situação de uma árvore de mais de 15 metros de altura, que ficou com a base vulnerável após o deslizamento e pode cair.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.